30/11/2016

[ RESENHA ] As Mil Noites

Título: As Mil Noites
Autora: E. K. Johnston
Páginas: 320
Editora: Intrínseca
Estrelas: 4/5

Sinopse: Clássico da literatura universal, as histórias de As mil e uma noites estão no imaginário de todos — do Oriente ao Ocidente. É impossível que alguém nunca tenha ouvido falar sobre Ali Babá e seus quarenta ladrões, ou sobre Aladim e o gênio da lâmpada. Ou sobre Sherazade, a mulher sagaz e inteligente que se casou com um homem cruel, e, por mil e uma noites, driblou a morte narrando contos de amor e ódio, medo e paixão, capazes de dobrar até mesmo um rei. Em As mil noites, a história se repete, mas com algumas diferença. Quando Lo-Melkhiin chega àquela aldeia — após ter matado trezentas noivas —, a garota sabe que o rei desejará desposar a menina mais bela: sua irmã. Desesperada para salvar a irmã da morte certa, ela faz de tudo para ser levada para o palácio em seu lugar. A corte de Lo-Melkhiin é um local perigoso e cheio de beleza: intricadas estátuas com olhos assombrados habitam os jardins e fios da mais fina seda são usados para tecer vestidos elegantes. Mas a morte está à espreita, e ela olha para tudo como se fosse a última vez. Porém, uma estranha magia parece fluir entre a garota e o rei, e noite após noite Lo-Melkhiin vai até seu quarto para ouvir suas histórias; e dia após dia, ela continua viva. Encontrando poder nas histórias que conta todas as noites, suas palavras parecem ganhar vida própria. Coisas pequenas, a princípio: um vestido de seu lar, uma visão de sua irmã. Logo, ela sonha com uma magia muito mais terrível, poderosa o suficiente para salvar um rei.





Após ler A Fúria e a Aurora este ano, fiquei à procura de livros que tivessem o mesmo cenário árabe e todo aquele clima de romance, que nos conquista do começo ao fim. Eis que a Editora Intrínseca resolve nos presentear com As Mil Noites,  que além de ter uma capa lindamente atrativa, também possui um enredo repleto de mistérios, escrito com uma fluidez maravilhosa e que arrebatou o comeu coração.

Nesta obra somos a apresentados ao cenário de um reino, que vive assolado por um rei Lo – Melkhiin, que de tempos em tempos, escolhe uma noiva, somente para matá-la no dia seguinte. A protagonista dessa história, vive em uma das aldeias deste reinado e ama imensamente a sua irmã, que é uma jovem linda e se destaca. E é exatamente por esse motivo, que a jovem teme que ela seja a próxima escolha do rei, já que seu povoado será o próximo a perder uma menina.

"Quando os anciões da aldeia viram o brilho das armaduras de bronze em meio à nuvem de areia e ouviram o galopar acelerado dos cavalos sob o sol, quando o vento balançou a trança de minha irmã e soltou alguns fi os, como se também temesse perdê-la, eu já tinha um plano."

Ao ver que o rei não tardará a chegar, a jovem coloca seu plano em ação. Enquanto todas as garotas tentam se tornar invisíveis perante o monarca, ela se arruma com exuberância, destacando sua beleza perante todas as garotas da aldeia. O plano dá certo e Lo – Melkhiin acaba escolhendo-a para ser sua noiva. Sabendo o que o destino lhe aguarda, tudo que ela espera é conseguir ao menos mais um dia de vida, pois esta jovem é uma excelente contadora de histórias.


29/11/2016

[ SORTEIO DE NATAL ] Novembro, 9

Agueeeenta coração!!!!
O blog Coleções Literárias está sorteando um dos livros mais desejados pelos leitores loucos por livros BONS e loucos por Colleen Hoover, pode chorar de emoção hehhehehe. Esse livro maravilhoso já foi resenhado aqui no blog, para ler é só clicar aqui ► RESENHA NOVEMBRO,9



Quero antes de tudo agradecer à editora Galera Record por estar disponibilizando esse exemplar para ser sorteado. Vocês são maravilhosos ♥ 

Agora vamos ao sorteio.

Para participar é muuuuito simples, se liga nas regras.

REGRAS: 
Para participar é mega fácil, só tem duas entradas obrigatórias, que são as primeiras e o restante é extra (o que significa que você vai ter mais chances de ganhar!)

28/11/2016

[ RESENHA ] Meu Erro

Título: Meu Erro (Série Segredos #1)
Autora: Cinthia Freire
Páginas: 380
Editora: publicação independente
Estrelas: 5/5
Segredos são como fantasmas nos assombrando e nos fazendo crer que são reais. Todos tem os seus fantasmas.
Carol tem os seus e há algum tempo eles parecem estar adormecidos. Gabriel desistiu de tentar frear os seus fantasmas há muito tempo e decidiu o caminho mais fácil, vivendo uma vida sem regras e limites. Eles estão na mesma estrada, mesmo que estejam em sentidos opostos. Enquanto ela tenta fugir da escuridão, ele só quer se perder ainda mais. Uma história emocionante sobre até onde somos capazes de ir para salvar aqueles que amamos e sobre acreditar que todos tem uma segunda chance. Mesmo que para o resto do mundo isso pareça um erro.

Olá, pessoal! Hoje trouxe a resenha de Meu Erro, livro que se encaixa no gênero new-adult, escrito pela autora Cinthia Freire. Neste livro, nós vamos conhecer a história de Carol e Gabriel, dois jovens que sofrem muito, mas que conseguem encontrar a cura de todos os seus problemas um no outro. 


"Errar é humano. Essa é uma das verdades absolutas da vida."

Tudo começa quando descobrimos que Gabriel é uma pessoa que não tem limites na vida, ele sempre faz tudo de forma desregrada, ao extremo, sem se importar com o que vai acontecer, mas tudo isso na ânsia de algo que o faça esquecer de todas as coisas ruins que passa. Ele é rebelde e viciado em drogas, sua vida se resume a álcool e festas. Já Carol é completamente o oposto de Gabriel, ela é uma jovem estudante que, finalmente, conseguiu um pouco de liberdade, mas que também tem problemas, luta pra superar todos eles e, ao mesmo tempo, tenta ter uma vida normal. 

É tentando viver uma vida normal com sua amiga Verônica, que Carol conhece Gabriel. Eles dois sentem que são diferentes e sentem uma forte ligação, Carol sente que ele é cheio de erros, mas percebe que Gabriel é muito mais que esses erros, que no fundo ele só também luta contra seus fantasmas. Gabriel também sente que Carol é uma garota diferente das outras, ele percebe que ela não é como as outras garotas com as quais ele costuma se relacionar e isso levanta o interesse dele.  


"Eu estava perdido, vagando na escuridão, um corpo sem alma, escravizado pela dor, seguindo adiante sem saber ao certo onde estava indo."



Só que tudo vira de cabeça para baixo quando Carol conhece Gabriel, porque ele é cheio de problemas, ele não sabe controlar a agressividade e os vícios, então ela tem que ajudá-lo, ela tem que fazer esforços pra ajudá-lo a superar esses problemas e fazer ele perceber que precisa de ajuda. Carol não só ajuda Gabriel, como também recebe ajuda dele, assim eles dois acabam trocando uma carga de sentimentos, pois se tornam o porto seguro um do outro. 

27/11/2016

[ PARA REFLETIR ] Sem mais delongas, saudade



Ei você que foi embora,

Onde ficam suas lembranças, os arquivos de sua memória, o baú encantado para o mundo onde eu possa viver como parte da sua vida, mais uma vez ou duas?
Onde encontro o lado meu que não sabia o que era perder e nunca mais encontrar?

Há tantas dúvidas, tanta brutalidade no vazio, tanto que eu gostaria de compartilhar, no entanto veja só você, estou atrasada. Tenho que imaginar que de algum lugar está observando meus acertos e erros, minha saudosa saudade a dizer: ei eu já esperava que você fosse embora, mas estou tão acostumada a errar que esse acerto ainda não me cai bem.
Sabe que às vezes fico descontrolada, desestabilizada? Sinto muito por isso.

24/11/2016

[ RESENHA ] Depois Daquela Montanha

Título: Depois Daquela Montanha
Autor: Charles Martin
Páginas: 304
Editora: Arqueiro
Estrelas: 5/5 ♥
Livro: Cortesia da editora Arqueiro
O Dr. Ben Payne acordou na neve. Flocos sobre os cílios. Vento cortante na pele. Dor aguda nas costelas toda vez que respirava fundo.
Teve flashes do que havia acontecido. Luzes piscavam no painel do avião. Ele estava conversando com o piloto. O piloto. Ataque cardíaco, sem dúvida.
Mas havia uma mulher também – Ashley, ele se lembra. Encontrou-a. Ombro deslocado. Perna quebrada.
Agora eles estão sozinhos, isolados a quase 3.500 metros de altitude, numa extensa área de floresta coberta por quilômetros de neve. Como sair dali e, ainda mais complicado, como tirar Ashley daquele lugar sem agravar seu estado? À medida que os dias passam, porém, vai ficando claro que, se Ben cuida das feridas físicas de Ashley, é ela quem revigora o coração dele. Cada vez mais um se torna o grande apoio e a maior motivação do outro. E, se há dúvidas de que possam sobreviver, uma certeza eles têm: nada jamais será igual em suas vidas.

Hey leitores!
Tudo bem? ... Comigo não muito. Eu fui esmagada e destroçada por este livro, mas sabe de uma coisa louca? Eu amei cada instante, cada palavra e cada emoção. Depois Daquela Montanha é um livro impressionante, lindo numa medida tão profunda que surpreende e encanta. 


Ben Payne é médico ortopedista que está voltando de uma conferência. No aeroporto, ele conhece Ashley Knox, uma mulher inteligente e dotada de um excepcional senso de humor. Ela é colunista e escreve para uma revista feminina, e está tentando chegar a tempo da própria cerimônia de casamento, enquanto Ben quer voltar logo para sua amada esposa, Rachel. 

Com os voos cancelados, Ben consegue fretar um avião pequeno com esperança de passar à frente da tempestade, e como sabe que Ashley também quer muito chegar em casa a convida para ir junto. 

Mas as coisas se complicam durante o voo quando o piloto sofre um ataque cardíaco e perde o controle do avião, conseguindo ainda heroicamente de alguma forma pousá-lo sem matar seus dois únicos passageiros. 

“Em seguida, ouvi estalido alto, Ashley gritou, o cachorro latiu e foi lançado para fora da aeronave. A neve salpicou meu rosto, seguida pelo som de galhos de árvore quebrando e pelo barulho do impacto.”

22/11/2016

[ RESENHA ] O Primeiro dia do Resto da Nossa Vida + SORTEIO


Título: O primeiro dia do resto da nossa vida 
Autora: Kate Eberlen
Páginas: 432
Editora: Arqueiro.
Estrelas: 4/5
Livro: Cortesia da editora Arqueiro. 
Tess e Gus foram feitos um para o outro. Só que eles não se encontraram ainda. E pode ser que nunca se encontrem... Tess sonha em ir para a universidade. Gus mal pode esperar para fugir do controle da família e descobrir sozinho o que realmente quer ser. Por um dia, nas férias, os caminhos desses dois jovens de 18 anos se cruzam antes que os dois retornem para casa e vejam que a vida nem sempre acontece como o planejado. Ao longo dos dezesseis anos seguintes, traçando rumos diferentes, cada um vai descobrir os prazeres da juventude, enfrentar problemas familiares e encarar as dificuldades da vida adulta. Separados pela distância e pelo destino, tudo indica que é impossível que um dia eles se conheçam de verdade... ou será que não? O Primeiro Dia do Resto da Nossa Vida narra duas trajetórias que se entrelaçam sem de fato se tocarem, fazendo o leitor se divertir, se emocionar e torcer o tempo todo por um encontro que pode nunca acontecer.

Olá, leitor! Hoje eu trouxe a resenha de um livro super fofo, O primeiro dia do resto da nossa vida tem uma história incrível que vai te cativar logo nas primeiras páginas. 

"Na cozinha lá de casa havia um prato pintado à mão que minha mãe tinha comprado durante umas férias em Tenerife. Ele continha os dizeres: Hoje é o primeiro dia do resto da sua vida."

Tess e Gus são dois jovens de personalidades semelhantes, que não se encontram, mas enfrentam seus problemas, vivem normalmente. Tess e Gus viajam durante as férias para a Itália. Tess para visitar uma amiga, sonhando com um futuro na universidade em que foi aceita e Gus para lidar com a perda do irmão e também com o fato de os pais desejarem que ele faça um curso que não quer. Ambos são personagens que não são perfeitos, vivem e lidam com os mesmos problemas que todos nós lidamos. 


Durante a narrativa, podemos perceber o fato de os dois jovens serem tão feitos um para o outro e nunca terem se encontrado. Em algumas ocasiões durante a história, nunca sabemos o que está por vir, eles se encontram e se desencontram e  isso causa uma certa angústia e ansiedade em quem lê, afinal, você começa até a torcer para que os dois se conheçam e fiquem juntos. O nosso pobre coração de leitor sofre, porque a autora não pretende revelar tudo assim, logo nas primeiras páginas do livro. 

21/11/2016

[ RESENHA ] Novembro, 9

Título: Novembro, 9
Autor: Colleen Hoover
Páginas: 352
Editora: Galera Record
Estrelas: 5/
Livro: Cortesia da Galera Record
Autora número 1 da lista do New York Times retorna com uma história de amor inesquecível entre um aspirante a escritor e sua musa improvável. Fallon conhece Ben, um aspirante a escritor, bem no dia da sua mudança de Los Angeles para Nova York. A química instantânea entre os dois faz com que passem o dia inteiro juntos – a vida atribulada de Fallon se torna uma grande inspiração para o romance que Ben pretende escrever. A mudança de Fallon é inevitável, mas eles prometem se encontrar todo ano, sempre no mesmo dia. Até que Fallon começa a suspeitar que o conto de fadas do qual faz parte pode ser uma fabricação de Ben em nome do enredo perfeito. Será que o relacionamento de Ben com Fallon, e o livro que nasce dele, pode ser considerado uma história de amor mesmo se terminar em corações partidos?

Falar dos livros da diva Colleen Hoover é quase impossível, pois sinto que por mais que eu tente não vou conseguir explicar com clareza o quanto seus livros são bons. Então antes de mais nada deixo um conselho: Se você nunca leu nada da Colleen saiba que está perdendo... E muito. Agora vamos à resenha.


"Será 9 de novembro ou nada"

O Incêndio
Fallon O'Neil estava fazendo muito sucesso em uma série de tv como protagonista aos 16 anos quando ao terrível aconteceu e por pouco não lhe custou a vida. Ela estava na casa do pai (pais divorciados) que também é um homem de certa forma famoso, mas um pouco desatento e muito idiota, enfim.... Naquela noite houve um acidente, e a casa começou a pegar fogo, Donovan O'Neil (pai de Fallon) não sabia que a filha estava dentro da casa (pois não olhou a mensagem que ela mandou para ele dizendo que estaria lá) e Fallon sofreu queimaduras de 4° grau em quase toda parte esquerda de seu corpo.  Depois desse dia terrível a garota nunca mais foi a mesma, ela foi retirada da série, perdeu toda confiança em si mesma e sua autoestima.



Primeiro 9 de novembro - 2 anos após o incêndio
Dois anos depois do dia que causaram cicatrizes eternas em Fallon, ela decide marcar de se encontrar com o pai em um restaurante para se despedir, pois naquele mesmo dia pegaria um avião para Nova Iorque para tentar lutar por seu sonho de ser atriz. 
Seu pai um completo idiota não apoia a filha em nenhum momento, chega a dizer que ela deveria desistir de lutar por algo que não teria mais chance e em um determinado momento critico da conversa um rapaz completo desconhecido senta-se ao lado de Fallon se desculpando pelo atraso e em seguida se apresenta ao pai da moça como o namorado de sua filha.

"Você nunca vai conseguir se encontrar se estiver perdida em outra pessoa."

20/11/2016

[ LANÇAMENTOS ] Arqueiro e Sextante - Novembro




“As cordas mágicas de Mitch Albom alcançam as notas certas. Seu amor pela música é visível. E suas reflexões levarão os leitores a uma deliciosa jornada pelos melhores encontros de suas vidas.” – USA TodayFrancisco Presto nasceu numa pequena cidade da Espanha em plena guerra civil. Com a infância marcada por tragédias, Frankie se torna pupilo de um professor de música cego, que se dedica a lhe ensinar tudo o que sabe.Ao completar 9 anos, ele foge para os Estados Unidos carregando consigo apenas seus bens mais preciosos: um violão e seis cordas mágicas.Com um talento fora do comum para tocar e cantar, Frankie rapidamente alcança o estrelato e influencia o cenário musical do século XX, apresentando-se ao lado de nomes consagrados como Elvis Presley e Little Richards.No entanto, seu dom se transforma em um terrível fardo quando ele percebe que pode afetar o futuro das pessoas: uma corda de seu violão fica azul cada vez que uma vida é alterada.No auge do sucesso, assombrado por seus erros e por seu estranho poder, Frankie sai de cena por anos, apenas para ressurgir para um espetacular e misterioso adeus.



A história pode estar prestes a mudar. 1914: a Alemanha se prepara para a guerra e os Aliados começam a construir suas defesas. Ambos os lados precisam da Rússia, que enfrenta graves problemas internos e vive na iminência de uma revolução. Na Inglaterra, Winston Churchill arquiteta uma negociação secreta com o príncipe Aleksei Orlov, visando a um acordo com os russos.No entanto, o anarquista Feliks Kschessinsky, um homem sem nada a perder, está disposto a tudo para impedir que seu país envie milhões de rapazes para os campos de batalha de uma guerra que nem sequer compreendem. Para isso, ele se infiltra na Inglaterra com a intenção de assassinar o príncipe e, assim, frustrar a aliança entre russos e britânicos.Um mestre da manipulação, Feliks tem várias armas a seu dispor, mas precisa enfrentar toda a força policial inglesa, um brilhante e influente lorde e o próprio Winston Churchill. Esse poderio reunido conseguiria aniquilar qualquer homem no mundo – mas será capaz de deter o homem de São Petersburgo?Costurando com maestria a narrativa ficcional à colcha da História, mais uma vez Ken Follett fala sobre assuntos universais, como paixões perdidas e reencontradas, amores e traições, ao mesmo tempo que oferece uma visão precisa sobre os acontecimentos que mudaram o mundo para sempre.



Alguns finais são apenas o começo...Era uma vez uma família criada por uma autora de romances históricos...Mas não era uma família comum. Oito irmãos e irmãs, seus maridos e esposas, filhos e filhas, sobrinhas e sobrinhos, além de uma irresistível matriarca. Esses são os Bridgertons: mais que uma família, uma força da natureza.Ao longo de oito romances que foram sucesso de vendas, os leitores riram, choraram e se apaixonaram. Só que eles queriam mais. Então começaram a questionar a autora: O que aconteceu depois? Simon leu as cartas deixadas pelo pai? Francesca e Michael tiveram filhos? O que foi feito dos terríveis enteados de Eloise? Hyacinth finalmente encontrou os diamantes?A última página de um livro realmente tem que ser o fim da história? Julia Quinn acha que não e, em E viveram felizes para sempre, oferece oito epílogos extras, todos sensuais, engraçados e reconfortantes, e responde aos anseios dos leitores trazendo, ainda, um drama inesperado, um final feliz para um personagem muito merecedor e um delicioso conto no qual ficamos conhecendo melhor ninguém menos que a sábia e espirituosa matriarca Violet Bridgerton.Veja como tudo começou e descubra o que veio depois do fim desta série que encantou leitores no mundo inteiro.


19/11/2016

[ RESENHA ] Alguém

Título: Alguém
Autor: Thiago Limeira
Páginas: 200
Editora: Chiado Editora
Estrelas: 4/5
Livro: Cortesia do Autor
Uma seleção de vinte contos sobre a existência humana e suas variáveis. O livro aborda diversos assuntos, que vão desde o famoso sentimento "amor", até parafilias, transtornos mentais e perda da inocência, com enfoque principalmente no quotidiano e na existência em si e suas diversas e possíveis consequências."Era apenas uma criança que pouco conhecia o mundo e o ser humano. Aos seus olhos, tudo parecia-lhe novidade, como se fosse um recém-nascido, e todas as coisas lhes eram intrigantes e admiráveis. Por este motivo, a ignorância da qual se alimentava, pouco sabia das mazelas do mundo, e por isto mesmo foi enganado. Eis o contexto."

Dessa vez, vou direto a resenha, não tenho como falar diretamente sobre uma história em si, pois se trata de um livro com diversas histórias, sendo assim vou falar do livro e da habilidade do autor como um todo.

O que posso dizer logo de cara é que esse livro não é e nem vai ser o meu livro preferido, mas, dei a nota quatro por estar avaliando a obra como um todo, a diferenciação dos contos com relações aos quais eu já li, as palavras bem escolhidas e a capacidade do autor de deixar em cada um dos seus contos a sua marca. Digamos que se trata de uma resenha impessoal, não estou falando do que eu gosto de ler, pois o livro possuem alguns contos um tanto macabro, e eu não costumo fazer esse tipo de leitura, mas mesmo assim, eu gostei dos contos.

18/11/2016

[ PARCERIA ] Diana Scarpine

Olá pessoinhas!
Faz um tempo que não fecho parceria com autores, mas semana passada a autora Diana entrou em contato por e-mail com o blog e fechamos parceria, o livro será lido e resenhado pela resenhista Mari. Vamos conhecer mais sobre a autora e sua obra?


Autora: Diana Scarpine
Número de páginas: 432
Ano de publicação: 2016
Editora: Pandorga

Carina é uma workaholic rica e bem-sucedida cuja vida se resume ao trabalho. Afogada em estresse, ela não se importa com a solidão que habita seu coração, pois o amor nunca foi uma de suas prioridades, até que algo inusitado acontece. Repentinamente, ela se vê privada do trabalho e, desesperadamente, desejando aplacar a solidão que a consome, principalmente quando conhece Aurélio, que a trata de uma forma diferente da qual ela está acostumada. Consumido pela tragédia que vitimou sua família e deixou-lhe sequelas físicas e emocionais, Aurélio não quer nada além de se afundar cada vez mais na dor e na culpa que sente. Suas certezas começam a ficar abaladas à medida que Carina se aproxima cada vez mais dele. Quantos obstáculos são necessários vencer para recomeçar? O amor é capaz de vencer as amarras do passado e o preconceito?

16/11/2016

[ LANÇAMENTOS ] Galera Record - Novembro



Um clássico para o século XXI, O bosque selvagem só poderia ter nascido da imaginação de Colin Meloy, celebrado vocalista da banda Decemberists. Vida de Prue Mckeel é bem normal até seu irmãozinho ser sequestrado por um bando de corvos. Nos mapas de Portland, no Oregon, existe uma imensa área verde às margens da cidade conhecida como “F.I.”, ou “Floresta Impassável”. Ninguém nunca cruzou seus limites, ou pelo menos nunca voltou de lá para contar. É exatamente nesse lugar que os corvos pegam o irmão de Prue. E é onde começa a aventura que levará a menina e seu amigo, Curtis, até o coração da Floresta Impassável e seus perigos e maravilhas.



Assassin’s Creed está de volta com uma novíssima história da antiga guerra entre Assassinos e Templários, dessa vez nos dias de hoje. O jovem Owen finalmente tem a chance de limpar a honra do pai, que morreu na prisão, acusado de um crime que o garoto tem certeza de que ele não cometeu. Por meio do Animus, máquina que permite quem a usa viver as memórias dos seus antepassados, o lendário Tridente do Éden é revelado. Duas organizações secretas, a Irmandade dos Assassinos e a Ordem dos Templários, estão em guerra há séculos e não irão descansar enquanto não tiverem esse artefato sob seu poder. Logo, Owen percebe que a única forma de permanecer a salvo é encontrando o Tridente antes de todos. Ele e outros jovens partem numa jornada dentro de uma memória que dividem, em seu DNA: a Nova York de 1863, em meio aos motins que tomaram a cidade naquela época. O grupo será testado pela violência das pessoas em meio à revolta, e tudo sem poder interferir nas injustiças e crueldades que presenciam. Afinal, o passado já está escrito. O que nenhum deles sabe é que sua experiência com o passado terá grandes implicações no presente. E aqui que o futuro é incerto. Tudo pode acontecer. 

15/11/2016

[ RESENHA ] Branco

Título: Branco
Autor: Priscila Baroni
Páginas: 372
Editora: Autografia
Estrelas: 4.3/5
Livro: Cortesia da Autografia
No Bosque das Vozes, uma garota acorda. Quem ela era? A garota descobre que não é a única pessoa buscando por essa resposta. Todos os que um dia apareceram por aquelas terras surgem sem memórias, sem saber quem são e como foram parar ali. Algo tira suas lembranças, mas o quê? Acolhida por apreensivas crianças, a menina percebe que está em uma pequena aldeia pertencente a um reino maior, comandado por um rei tirano que conquistara seu poder com guilhotinas. Ela logo descobre que não possuir memórias não é o problema, mas sim o seu próprio surgimento. Todos sabem que os neonatos aparecem apenas na Cidade Real e em nenhum outro lugar. Então por que aparecera no meio do Bosque? Por que via imagens em seus sonhos como lembranças apagadas por um grande borrão branco? Incontáveis perguntas sem respostas fazem com que encontre apenas uma solução para não ser notada: viver uma vida pacata com os moradores da aldeia, seus novos amigos e um velho vendedor de ervas medicinais que a acolheu. Porém, eventos inesperados farão com que o curso de sua vida seja alterado. Capturada, a garota se depara com novas descobertas que poderão mudar completamente sua história e a de todos os moradores do reino. Basta saber se as mudanças serão boas ou se seu pescoço irá arder o suficiente para fazer sua cabeça rolar.

Olá pessoas,

Vamos falar mais de Literatura Nacional? Vamos sim, com vontade e alegria.

Priscila Baroni escreveu uma fantasia original: imagine um reino onde as memórias são apagadas e você precisa começar de novo, independente de sua vontade, aquela é sua nova casa e desconhecidos são o que mais podem se aproximar de uma família. Consegue pensar em perder tudo o que guarda em sua caixa cinzenta sem lembrar de quem você jamais imaginou dizer adeus?



"- Neonatos é o nome que damos para aqueles que acabaram de chegar, aqueles que, assim como você, acabaram de acordar nesse nosso mundo louco".

Os neonatos chegam amontoados numa carroça na Cidade Real, antes de se espalharem por aldeias que permeiam o reino ou na própria Cidade, se esse é o procedimento padrão, por que uma garota acorda no conhecido e temido Bosque das Vozes e por que ela aparenta lembrar mais que outros moradores?

11/11/2016

[ RESENHA ] A Protegida

Título: A Protegida
Autora: Bia Braz
Páginas: 704
Editora: Arwen
Estrelas: 5/5
Livro: Cortesia da autora
O atentado no trem de Londres em 2005 marcou a sociedade inglesa. Anos se passaram, e o receio de novos ataques mantém o país em cautela. Todos os dias, novos idealistas são recrutados para integrar essa ameaça invisível ao mundo. Em meio à dor e à tentativa de continuar a viver após as perdas, pessoas diferentes têm seus caminhos cruzados.
Lisy teve seu nome mudado e adotou uma nova identidade para fugir de ameaças, comprometendo-se a uma vida com regras mais rígidas e menos liberdade, porém segura.
Katzen é uma jovem inconformada com prisões impostas, então em atos de rebeldia, abandona a proteção e diverte-se anonimamente em festas de um clube, tentando viver intensamente essa liberdade roubada. Torna-se objeto de desejo de um famoso jogador de futebol da cidade. E, disposta a viver o momento, entra nesse romance quente sem exigir nada de volta, guardando para si suas expectativas e emoções. Kat só não contava que o desprendido "pegador" não a permitisse mais sair de sua vida e complicasse seu ordenado esquema de segurança física e emocional.
Brilhante esportista e estudante de Ciências Nucleares, Nicholas Spencer vê seus mundos entrarem em conflito ao envolver-se com a enigmática ruiva Kat, que aparece e desaparece do seu mundo misteriosamente, e ao desenvolver amizade com Lisy, que de um modo sutil passa a integrar seu mundo e torna-se necessária nele.
O arrogante e superior jogador enreda-se num mundo de intrigas, ameaças, preconceito, violência e perigo ao envolver-se com mulheres que o atrai de maneiras diferentes, mas lhe são inalcançáveis.
O quanto um homem é capaz de dividir-se?

No momento que recebi a correspondência pensei que tinha dois livros dentro do envelope e meus olhos se arregalaram quando vi o numero de paginas, num total de 704 paginas, divididos e trés partes. Lembrei do tempo que teria para ler e fiquei preocupada. A capa me agradou muito, mas a sinopse não me chamou muito, aumentando minha desconfiança e por uns dois dias coloquei todas as coisas em dia para me dedicar a ele. Ainda bem que tive esse cuidado de deixar tudo atualizado, por que no momento que iniciei a leitura fui totalmente absorvida para o mundo de Nicholas e e Lindsay, totalmente arrebatada, daquele jeito que deixar a leitura por menor que seja o tempo causa dor, mas pela graça de Deus eu tinha 704 paginas pra ler, e ao chegar no final fiquei com a sensação de quero mais.

Resultado de imagem para livro a protegida bia braz
"Nicholas baixou o olhar avaliador para o corpo. Seios cheios e redondos, mas não grandes. Bem compatível, julgou; aparência saudável e bem pegável."

Sim! Me descobri uma grande fã da Bia Braz, não conhecia seu trabalho antes, mas depois da Protegida quero ler todas as suas obras. Mas deixando de lado minha paixão pelo livro, bora conhecer um pouquinho da história e dos personagens que conquistaram meu coração?

10/11/2016

[ SORTEIO ] O Primeiro dia do Resto da Nossa Vida

Genteee preparem o coração que vem aí um sorteio babado!!!


Para participar é muuuuito simples, se liga nas regras.

REGRAS: 

Para participar é mega fácil, só tem duas entradas obrigatórias, que são as primeiras e o restante é extra (o que significa que você vai ter mais chances de ganhar!)

a Rafflecopter giveaway

09/11/2016

[ RESENHA ] Oposição

Título: Oposição - Série Stellium #1
Autora: Thaísa Lixa
Páginas: 526
Editora: Chiado
Estrelas: 5/5
Livro: Cortesia da autora
Em uma dimensão chamada Constelação, são os supremos Deuses do Inferno que controlam e ditam as regras da sociedade, amedrontando os humanos e os deixando dóceis perante seus poderes nessa e em todas as outras dimensões que existem pelo o universo. Entretanto, por conta de uma traição, o Deus principal e líder, Ahriman, decretou uma lei que jamais poderia ser quebrada: Ele definiu que as diversidades genéticas não existiriam; o que faria a população ter uma aparência padronizada de olhos e cabelo castanho-escuros ou negros. E assim era, até o nascimento da jovem Lilith, uma menina de cabelo loiro e olhos azuis, acompanhada de uma beleza estonteante e que atraía olhares de todos à sua volta, por sua singularidade e magnetismo pessoal. Tratada desde perfeição até aberração pelas pessoas de seu mundo, Lilith tenta sobreviver em meio a tanta gente intolerante. De uma coisa ela não tinha dúvida: havia sido amaldiçoada. Só mesmo este fato explicaria o motivo de ter nascido com a aparência proibida e de ter macabros pesadelos todas as vezes que dormia. Lilith pensava isso consigo mesma, não tendo a real dimensão do quanto suas suposições eram verdadeiras.




Há tempos estava querendo iniciar essa leitura e finalmente consegui me adentrar nesse universo maravilhoso que a Thaisa Lixa criou. Já adianto que é impossível se desgrudar das páginas e todo o universo criado pela autora é incrível, me peguei admirando vários detalhes nessa história e vou contar um pouco para vocês da tamanha grandiosidade desse enredo.

Lilith é uma jovem que vive em uma dimensão chamada Constelação, lá os signos e a astrologia são uma parte importante e real na vida dos cidadãos, além de que todas as pessoas possuem um padrão genético. Lilith no entanto, possui uma aparência única e diferenciada, em um mundo onde todos são iguais, isso só causou muito preconceito, onde seus cabelos loiros e olhos azuis são considerados uma maldição.


Constelação também é governada por cinco Deuses, e Lilith desde sua infância vem sonhando com eles, onde é levada para o inferno. Intrigada com sua aparência, a jovem acaba indo parar em outra dimensão juntamente com a sua irmã Alice. Neste novo lugar, os seres humanos são a escória da sociedade e por isso são escravizados por Demnos, seres criados pelos deuses e que apesar de alguns serem realmente cruéis, existem outros de coração bom e Lilith e Alice serão abrigadas justamente por três deles. A medida que Lilith e Alice conhecem esse novo mundo, ambas criam relações com os outros seres e começam a se inserir ainda mais no mistério da aparência de Lilith. 

"Qual era o limite entre o real e o ficcional naquele pandemônio que estava a sua cabeça?"

07/11/2016

[ RESENHA ] A Luz Entre Oceanos

Título: A Luz Entre Oceanos
Autor: M. L. Stedman
Editora: Rocco
Páginas: 368
Estrelas: 5/5 
Livro: Cedido pela Editora Rocco
Romance de estreia da australiana M. L. Stedman, A Luz entre Oceanos alcançou as principais listas dos mais vendidos do mundo, incluindo o cobiçado ranking do The New York Times, onde permaneceu por mais de quatro meses. Escrito por uma advogada que aborda os limites da ética e os dilemas morais sob diferentes pontos de vista, o romance conta a história de Tom Sherbourne, faroleiro de uma ilha isolada na costa oeste da Austrália, e sua mulher, Isabel. Impedidos de ter filhos, a vida do casal sofre uma reviravolta quando um barco à deriva aporta na ilha. Publicado em 25 países, A Luz entre Oceanos é um livro emocionante sobre perdas trágicas, e escolhas difíceis, sobre a maternidade e os limites do amor.

A luz entre oceanos é daqueles livros que te emociona, te prende na história e te deixa completamente sem saber como falar dele, pois parece não ter palavras o suficiente para explicar o quanto ele é bom. Solicitei o livro por dois motivos iniciais, ele virou filme (e sempre, sempreeee prefiro ler o livro antes de ver o filme) e segundo por causa da capa. Nem mesmo cheguei a ler a sinopse (coisa que costumo fazer), então foi meio que um tiro as cegas e não me decepcionei.

“Vivemos com as decisões que tomamos, Bill. Isto é coragem. Aguentar as consequências de nossos erros. ”

Tom acaba de voltar da primeira guerra mundial e fica responsável por vigiar e cuidar do farol de Janus, um lugar perfeito para alguém que volta de um lugar como a guerra. Janus Rock é uma ilha isolada que fica na costa australiana. E é nesse lugar silencioso e solitário que Tom conhece sua alma gêmea, Isabel, uma garota cheia de vida que o conquista completamente.

04/11/2016

[ RESENHA ] Eu Estou Aqui

Título: Eu Estou Aqui
Autor: Clélie Avit
Editora: Fábrica 231
Páginas: 288
Estrelas: 3/5 
Livro: Cedido pela Editora Rocco

No cenário frio e asséptico de um hospital surge a paixão entre Elsa, uma montanhista em coma há cinco meses depois de cair durante uma escalada, e Thibault, que se refugia no quarto da moça, por não querer visitar o irmão, o motorista bêbado que causou a morte de duas adolescentes num acidente automobilístico.
Delicadamente composto, o romance mostra o envolvimento gradual entre dois personagens cuja comunicação se dá instintivamente. Enquanto Thibault pode conversar e incentivar Elsa a retomar o domínio de suas ações, a jovem ouve, percebe e sente toques em seu corpo, mas não tem como comunicar seus desejos e anseios. Os dois passam a se conhecer tanto pelo que transmitem um ao outro – Thibault em suas confidências, Elsa tentando demonstrar que corresponde a seus estímulos – quanto pelo que os amigos da montanhista comentam a respeito do rapaz ou falam a ele sobre Elsa. Junto da moça em coma, Thibault sente-se tranquilo e protegido da revolta contra o irmão, internado em estado grave no mesmo hospital. Elsa, embora cercada pela família e por amigos, se entusiasma com a ousadia de Thibault, que não se acanha em beijá-la. E quando os parentes discutem a possibilidade de desligar os aparelhos que a mantêm viva, é com ele que Elsa conta para lutar por sua própria sobrevivência.




Elsa é a nossa protagonista no livro "Eu Estou Aqui" e através do seu monólogo pessoal vamos conhecendo a história, a rotina que ela encara no seu período de coma e seus medos. Ela está em coma há mais de 5 meses devido ao gravíssimo acidente que sofreu fazendo o trabalho que amava: montanhismo.

Só que esse seu amor foi bem traiçoeiro e em uma avalanche inesperada ela foi coberta por imensos pedaços de gelo que a deixaram em um estado de saúde considerado pela medicina estável, ou seja, sem piora ou melhora. Mas o fato é que sua condição após longos meses sem mudança alguma irá atrair negativamente a atenção dos médicos que passarão a considerá-la uma paciente indicada ao desligamento. Tenso, né?


Mas tudo é ainda mais tenso porque Elsa pode ouvir tudo o que falam para ela e sobre ela, no entanto, infelizmente, esse seu único sentido em funcionamento não é suficientemente útil para explanar sobre a sua condição de melhora que é perceptível só pra ela. Além de não conseguir falar, não tem movimentos em parte alguma do corpo e por isso é considerada vegetativa. É desesperador porque ela não tem poder de ação, só pode se sujeitar a ouvir e tentar conviver com as informações que recebe.

03/11/2016

[ RESENHA ] Confissões de um Amigo Imaginário

Título: Confissões de um amigo Imaginário
Autora: Michelle Cuevas
Editora: Galera Junior
Páginas: 176
Estrelas: 5/5
Livro: Cortesia da Galera Record
Uma imperdível aventura de alguém que descobre existir apenas na imaginação de uma garotinha. Um livro para todos aqueles que, um dia, já se sentiram à margem, deixados de lado... invisíveis Jacques tem uma leve suspeita de que ninguém gosta dele. Professores o ignoram solenemente quando levanta a mão e até mesmo seus pais precisam ser lembrados de colocar um lugar à mesa para ele! Graças a Deus por Fleur, a irmã e companheira constante. Mas então Jacques descobre uma verdade devastadora: ele não é o irmão de Fleur; é seu amigo imaginário! E aí começa uma tocante e divertida busca por seu eu verdadeiro. Uma imperdível jornada em busca do significado da vida leva Jacques de encontro às mais peculiares crianças, imaginárias e reais, e o faz descobrir a incrível e invisível maravilha de ser quem se é.


Esse é o livro do gênero infanto-juvenil mais comovente e fofo que eu já li. 
Jacques Papier tem 8 anos e afirma ser odiado por TODO mundo, menos por Fleur (sua irmã gêmea), e por seus pais, até mesmo seu cachorrinho salsichinha  François o odeia. Todos o ignora, como se ele fosse invisível, a única pessoa que conversa com ele é sua irmã.
Jacques divide seu quarto com Fleur, tem seu próprio lugar no beliche, um lugar na mesa e tudo que sua irmã recebe ele recebe também.  


O garoto seguia sua vida normalmente, até que um dia escuta seus pais conversarem sobre Fleur ter um amigo imaginário, Jacques fica completamente chocado "como assim sua irmã gêmea, sua melhor amiga com quem dividia tudo, tinha um amigo imaginário e não contou nada para ele?" (tadinho). 

"Eu estava chocado.
Eu estava estupefato.
Eu estava boquiaberto.
Minha irmã, minha parceira, tinha um amigo imaginário sobre quem ela nunca tinha me contado."

© Coleções Literárias ♥ - Todos os direitos reservados - 2016 ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo