28/04/2015

[RESENHA] Bodas de Cristal - Laury Alves

Titulo: Bodas de Cristal
Autora: Laury Alves
Editora: Cata-vento
Páginas: 187
Estrelas: 5/5
Livro: cedido pela autora para resenha.

Tudo o que ela queria era um conto de fadas, mas acabou descobrindo que o "Felizes para sempre" era mais difícil do que imaginava.
Raquel passou a vida desejando seu “Felizes para sempre” e lutando por ele. Encontrou o amor da sua vida e teve o casamento dos seus sonhos, mas será que tudo isso era real?
Traída na sua tão sonhada Lua de Mel, a realidade lhe mostrou ser mais cruel que seus amados contos de fadas. Precisando recomeçar, mas sem saber como fazê-lo, ela se encontra presa em outro país sem chance de retornar ao conforto da sua casa.

||Comprar||


Você acredita em conto de fada?


Raquel sonhava com um conto de fada e encontrou o amor da sua vida, ou pelo menos era o que ela imaginava. Seu casamento foi realizado com sucesso, foi o casamento dos seus sonhos, tudo parecia perfeito, até ela receber um tapa na cara da cruel realidade.

Em plena lua de mel Raquel flagrou o marido na cama com a camareira do hotel onde estavam hospedados, neste mesmo instante seu conto de fada transformou-se em um conto de terror. Ela arrumou as malas e resolveu voltar para o Brasil.
No aeroporto ela se depara com todos os voos cancelados. Raquel está irritada, cansada, transtornada e com vontade de desaparecer o mais rápido possível daquele lugar. Então ela resolve encher a cara naquela manhã no intuito de esquecer as ultimas 24 horas da sua vida.

Ela se aproxima da lanchonete e pede para a atendente a bebida mais forte que eles tiverem, a funcionaria estranha o fato e diz ter apenas café. 
Essa é uma cena mega engraçada, pois ao lado da Raquel tem um homem tomando chá que dá algumas risadinhas e isso a irrita muito, ela nunca viu o cara, mas suas respostas é hilária.
-Desculpe, por acaso falei com você? Acho que não.                                                                         - Não teve um dia bom? - O homem do chá perguntou e eu não consegui não rir.                       - Eu acabei de pedir uma dose de álcool e não é nem meio-dia, você acha mesmo que eu tive um dia bom? [..] Peço álcool e recebo café. Que dia maravilhoso.
Ele continua tentando puxar papo com ela da maneira mais calma e educada e ela chega ferver o sangue de raiva e uma de suas resposta que me fez gargalhar foi essa.
- Cara, sério! [...] Você poderia, por favor, calar a boca?.
De repente o homem desconhecido do chá levanta, paga a conta dela e pede para ela dar uma volta com ele prometendo lhe pagar uma bebida, ela topa, mas ele a leva para um parque, o mais lindo que ela já viu. Eles conversam e ela acaba contando tudo o que lhe aconteceu e percebe tristeza nos olhos verdes do desconhecido.
Eles se apaixona nesse mesmo dia, naquele parque trocam o 1º beijo, 2º, 3º e mesmo não se conhecendo, eles sentem que encontraram a felicidade um no outro.
Os dois terminam o dia no quarto de um hotel e na manhã seguinte se despedem com um aperto no coração... Ela volta para o Brasil e ele segue seu roteiro.

Tenho que confessar que fiquei meio desacreditada nesse amor repentino, mas no decorrer da história isso melhorou MUITO, mais ainda nas páginas finais. E o mais louco é que eles em momento algum revelou seus nomes.

Semanas depois Raquel descobre que está grávida, esperava um filho do desconhecido do chá de olhos verdes tristes. Ainda na farmácia ela descobre através de uma funcionaria o nome do seu desconhecido favorito.

Tommas William Joseph Gregory Fordshire.
UM PRÍNCIPE.

No dia em que se conheceram, príncipe Tommas estava prestes a se casar com uma mulher que não amava, a princesa Anna, uma mulher fria, uma megera. Mas ela ofereceu o melhor dote e como o reino de Tommas estava em crise, a rainha Carrol (mãe de Tommas) obrigou o filho a se casar para salvar o reino. O único problema é que eles não sabiam que Anna não podia ter filhos.

Raquel sabia que seria um escândalo aparecer gravida no castelo alegando que a criança que esperava era filho do príncipe recém casado, e sabia o quanto isso prejudicaria Tommas e todo seu pais, por isso ela criou Leonora sozinha e nunca revelou para a filha o nome do pai. Raquel também nunca esqueceu aqueles tristes olhos verdes e nunca conseguiu se relacionar com outro homem, dedicou a vida a filha e ao trabalho de medicina.

14 anos, 10 meses e 3 anos depois. Leonora está prestes a completar 15 anos e seu pedido de aniversário não foi uma festa... Seu pedido foi, conhecer o pai.
Diante desse pedido Raquel se vê encurralada e decide ceder, mas com tudo planejado para quem ninguém além de Tommas saiba da existência de Leonora.

O livro me lembrou muito uma mistura de O diário da princesa com Princesa Adormecida. Bodas de Cristal aborda um tema mais ou menos desse tipo.
É um livro gostoso de ler, leve, divertido e muito, muito fofo.
O romance desenvolve rápido e como estou acostumada a ler livros onde o casal se aproximam devagar e aos poucos vai surgindo um sentimento, eu estranhei um pouco, mas consegui me envolver com os personagens e sentir a história.

O nome do livro combinou perfeitamente com a história. A princesa Anna e Tommas estão prestes a completar 15 anos de casamento e ela resolve fazer uma festa de Bodas de Cristal e renovar os votos, mas isso para Tommas é como se ele renovasse sua sentença de morte. 
No inicio eu fiquei pensando (poxa, o nome do livro está ligado àquela megera?), mas se analisarmos Tommas conheceu Raquel há 15 anos e ela foi seu único e verdadeiro amor, então o titulo se refere aos dois. (óbvio)

Leonora embora tenha quase 15 anos, as vezes parecia uma garotinha de 10, 9 anos e em algumas cenas parecia mais madura que a mãe.
-Última pergunta. Se pudesse escolher, escolheria o amor ou o dever? [...] Não me responda. [...] Apenas escolha. - Leonora.
Raquel me irritou muito da na metade do livro, eu queria gritar com ela e dizer (Acorda para vida mulher, ele está dispostos a largar tudo por você, se toca e não complica ainda mais as coisas.). Poxa vida, era só ela dizer o que realmente queria e mandasse o resto se ****. Mas teve momentos que eu quis abraça-la e dizer (Tu tem meu respeito) kkkkk. 
- Eu te amo, Tom. Qualquer decisão que me afaste de você será difícil e dilacerará minha alma, mas a dor não a tornará errada. -Raquel.
Tommas é um amor, um príncipe literalmente falando. Teve momentos que eu pensei (Aprende com ele Maxon - príncipe de A Seleção) mas aí o Tom me fez querer dar uns tapas nele e dizer (Tu é burro? Não conhece a mulher que ama, homem? Não vê que ela te quer? Toma jeito e pensa em você também) É lógico que Raquel me fez muito mais raiva, Tommas foi um personagem mais fácil de entender, digamos assim. Teve uma cena que eu quase entrei no livro e o pedi em casamento kkkkkkk Quando ele resolveu tomar as rédias de tudo e colocar o que sentia para fora eu fiquei encantada, pois nesse momento ele mostrou ser um homem de atitude e deu aquela sacudida em Raquel que eu queria dar.
- Meu coração bateu e bate por você, então não ouse dizer que tudo o que sinto é mentira, porque serei obrigado a lhe chamar de louca. - Tommas.
Eu estou apaixonada pelo livro. Os personagens são bem desenvolvidos e marcantes, e o livro é narrado em 1° pessoa (Saudadeeee. Depois de ler 5 livros seguidos narrados em 3° pessoa quase dei um grito de felicidade quando comecei a ler Bodas de Cristal).
Os capítulos são intercalados entre todos os personagens, algo que gostei muito, pois deu para ver o lado da história de cada um. Em cada inicio de capitulo tem um subtitulo lindo e uma frase maravilhosa, que as vezes são trechos de música ou livro. A diagramação é incrível, o livro é repleto de quotes maravilhosa e eu quase marquei o livro todo kkk.... Enfim, um livro muito bem escrito que recomendo muito.


Foi uma leitura deliciosa, eu até chorei no final kkkkkk Fiquei emotiva e fui as lagrimas. Não vou dizer que o livro me surpreendeu, pois trata-se de um "clichê", mas eu amo um bom "clichê" e isso não me incomodou.
Recomendo muito a leitura. Você vai refletir muito sobre o amor e isso é algo que prezo muito.
Para o amor ser mais importante que tudo, ele tem que ser o mais importante para ambos os lados.
"Laury, linda. Obrigada por ter entregue em minhas mãos esse livro maravilhoso e ter confiado em mim. Eu realmente amei Bodas de Cristal e estou louca para ler todos seus livros. Sucesso, flor."

- Você escolheu ir embora, eu escolhi não ter mais um motivo para chorar sua partida.

Espero que vocês tenham gostado.
Beijinhos e até a próxima

14 comentários:

  1. Onde coloco todos os coraçõezinhos que quero te dar? Já estava tendo dificuldade para lidar com a fofura desse desenho que eu tive que roubar e usar como capa do facebook, agora então... Já perdi a compostura. <3
    Apaixonada! :3
    Hahahaha Tommas não é amorzinho? Curiosa para saber quando quis se casar com ele (eu quis em todos os momentos, diga-se de passagem). Anna megera. Apenas amei. Descrição perfeita dela.

    Eu que agradeço. :D E pode ter certeza que novos bebês meus irão parar nas suas mãos. ;)

    Beijos!!

    Laury

    ResponderExcluir
  2. @Maniaca por livros
    Aiiii genteeee que pessoinha mais fofa do mundooo.
    Eu estou muito feliz que tenha gostado.
    Aaaa depois te conto em que parte eu quis me casar com ele kkkkkkkk.
    Anna é literalmente uma megera.

    Aaaaaaaaaa, quero muito ler todos ...
    Obrigada pelo carinho flor. Amei de verdade.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Nunca tinha ouvido falar desse livro. Mas quem roubou a cena mesmo foi esse desenho *-* Quanto amor.

    Beijo,
    Luana

    http://psicoselliteraria.blogspot.com.br/
    @psicoseliteraria

    ResponderExcluir
  4. @• Luana Novais
    Oi Lu.
    O livro é lindoooo Super recomendo.
    Obrigada, fico feliz que tenha gostado do desenho kkkk.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Olha eu aqui. o/
    Desculpe o atraso é que eu tinha lido pelo celular.

    Q nem eu t falei! Que resenha bonita... A hora que eu tava lendo, me lembrava de outro livro, mais não me lembro qual é. Mais ficou de mais, parabéns.

    Bjs! Atenciosamente Um baixinho nos Livros.

    ResponderExcluir
  6. @Marcio Silva
    Oiie, tudo bem?
    Finalmente kkkkkkk
    Que bom que vc gostou.
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Pela capa e pelo título, imaginei um livro bem água com açúcar. Porém, fico feliz que tenho me enganado. Apesar dos inúmeros clichês, o livro me pareceu interessante e bonito.
    Não leria agora, mas talvez dê uma chance no futuro.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de abril. Você escolhe o livro que quer ganhar!

    ResponderExcluir
  8. @Desbravadores de Livros
    Oiii.
    Aaaah não fala assim, não é um livro água com açúcar, é um livro fofo e delicioso tipo chocolate quente kkkkk
    É um livro muito fofo, espero que leia um dia.
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Oii
    não li o livro, mas amei a sua resenha, lindo o desenho, super fofo.
    Também amo um "clichê", então vou colocar na minha listinha rs
    beijos
    conchegodasletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Amiga por acaso você comprou esse livro?
    Eu queria muito fazer a leitura dele, mas eu meia que estava sem dinheiro para comprar diretamente da autora.
    Tenho bastante interesse em ler, porque a história realmente me parece ser linda.
    Espero ter a oportunidade de fazer a leitura assim que puder.
    Adorei tudo que tu abordou sobre a história e sinceramente tenho que confessar que contos de fadas é comigo mesmo. Romance nem se fala, porque adoro =x

    Enfim...

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/04/lidos-no-mes-abril.html

    ResponderExcluir
  11. @Daya Maciel
    Oiii Daya.
    Que bom que gostou da resenha e do desenho kkkk. Clichê é indispensável kkkk amo.
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. @Silvana Sartori
    Amiga, não comprei não. Foi cedido pela autora.
    Leia sim, é uma história muito cativante. Que bom que gostou.
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Olá,

    Nossa, eu não dava nada para esse livro mas depois de sua resenha eu fiquei super curiosa com essa leitura. Tenho procurado leituras mais leves. Quem sabe em breve não terei a oportunidade de conhecer esses personagens. Fiquei curiosa com a cena da protagonista bêbada. kkk'

    Beijos.
    Visite: Paradise Books BR

    ResponderExcluir
  14. @Paula de Franco
    Oi Paula.
    Realmente é uma leitura leve. Acho que vc vai gostar, é um livro para descontrair um pouco sabe.
    Ah, ela não estava bêbada, só queria encher a cara, mas só tinha café. Mas essa cena é top.
    Beijos

    ResponderExcluir

Olá!
Seja bem vindo ao Coleções Literárias. Sinta-se a vontade para deixar seu comentário.
Siga o blog também, seremos imensamente gratos.
CONTATO: colecoesliterarias@gmail.com
Beijos

© Coleções Literárias ♥ - Todos os direitos reservados - 2016 ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo