30/08/2017

[ RESENHA ] Poemas do Fim do Mundo

Título: Poemas do Fim do Mundo
Autor: Eriberto Henrique
Editora: Autografia
Páginas: 88
Estrelas: 4/5
Livro: Cortesia da Editora

Em Poemas do Fim do Mundo, Eriberto Henrique reúne uma série de poemas que foram escritos por ele durante boatos, por uma profecia, de que o mundo estava chegando ao fim. O autor produziu textos reflexivos sobre sua vida e tudo ao redor, em tom de despedida, encerrando um ciclo e recebendo um novo mundo.
Com palavras tocantes, Poemas do Fim do Mundo fala de diversas vidas, com assuntos dos mais profundos aos mais “ordinários”, das pessoas que vêm e que vão. Utilizando figuras de linguagem como metáforas e rimas, Eriberto prende o leitor e faz pensar, ao mesmo tempo em que entretém. É o livro perfeito para carregar a todo canto e para ser lido a qualquer momento.
 

Uma ideia que teve início por conta de uma brincadeira sobre o Fim do Mundo, mas que foi ganhando forma e como consequência a tudo isso, Eriberto Henrique concluíra um lindo livro de poemas que seria como uma reflexão sobre si mesmo e as pessoas que cruzamos e convivemos ao longo da nossa vida. Com o objetivo de fazer com que o leitor conclua uma viagem para o seu próprio corpo, alma e mente.

Com isso, vêm as seguintes perguntas: O que você faria se soubesse que o mundo fosse acabar? Você se sentiria realizado com tudo que você possui ou fez? Ou sentiria que ainda havia coisas que você gostaria de fazer, mas o medo o impediu de concluir?

Poemas que falam sobre a infância, sonhos, sentimentos e sensações que não são mais os mesmos. Antigas paixões e o arrependimento de não ter feito o bastante, dias e momentos simples com boas recordações, mas que, infelizmente, não voltam mais. Coisas belas da vida que não paramos para apreciar como contemplar o nascer do sol, a natureza em sua plenitude, uma amizade, um amor. 

 Ou seja, não possuímos mais aquela alegria diante de coisas pequenas da vida e que às vezes não reparamos, pois estamos muito ocupados com nossas obrigações com o trabalho, estudo. Estamos sempre com pressa e não damos a devida atenção ao que realmente importa. Ficamos sobrecarregados depois de um dia cheio e esquecemos de aproveitar os momentos únicos que não voltarão mais. Será que o tempo é realmente curto e os problemas não possuem soluções?

28/08/2017

[ RESENHA ] Dumplin'

Título: Dumplin'
Autora: Julie Murphy
Editora: Valentina
Páginas: 333
Estrelas: 5/5 ♥
Livro: Cortesia da Editora Valentina

Especialmente para os fãs de John Green e Rainbow Rowell, apresentamos uma destemida heroína e sua inesquecível história sobre empoderamento feminino, bullying, relação mãe e filha, e a busca da autoaceitação. Sob um céu estrelado e ao som de Dolly Parton, questões como o primeiro beijo, a melhor amiga, a perda de alguém que amamos demais e “estou acima do peso e ninguém tem nada com isso” fazem de Dumplin’ um sucesso que mexerá com o seu coração. Para sempre. Gorda assumida, Willowdean Dickson (apelidada de Dumplin’ pela mãe, uma ex-miss) convive bem com o próprio corpo. Na companhia da melhor amiga, Ellen, uma beldade tipicamente americana, as coisas sempre deram certo... até Will arrumar um emprego numa lanchonete de fast-food. Lá, ela conhece Bo, o Garoto da Escola Particular... e ele é tudo de bom. Will não fica surpresa quando se sente atraída por Bo. Mas leva um tremendo susto quando descobre que a atração é recíproca. Ao contrário do que se imaginava – a relação com Bo aumentaria ainda mais a sua autoestima –, Will começa a duvidar de si mesma e temer a reação dos colegas da escola. É então que decide recuperar a autoconfiança fazendo a coisa mais surreal que consegue imaginar: inscreve-se no Concurso Miss Jovem Flor do Texas – junto com três amigas totalmente fora do padrão –, para mostrar ao mundo que merece pisar naquele palco tanto quanto qualquer magricela.

Olá leitores,
"Cresça e apareça. Faça e aconteça!"
Como não cair de amores com um livro como Dumplin'?

Você pode não ser gorda ou ter um nariz dois dedos além do que gostaria. Você pode ser autocrítica ou crítica somente para outras pessoas além de você.

O que você não pode, como pré requisito para gostar desse livro, é ser totalmente confiante. Segura de si e de cada passo que dá. Se for assim, você não vai entender como essa história é boa.

- "Por quê isso?" - repito a pergunta, também aos gritos - Porque você me deixou sozinha na piscina. Porque me abandonou completamente. E quem era aquele palito escroto? - Assim que as palavras saem da minha boca, sinto um arrependimento mortal. A vida inteira tive um corpo digno de comentários, e se há uma coisa que viver na minha pele me ensinou foi que,se o corpo não é seu, você não tem direito de dizer nada. Seja a pessoa gorda, magra, alta ou baixa, não interessa" 

Mais do que a vida de uma pessoa gorda, Dumplin' é sobre como você reage ao seu dia a dia. Seja quando algo de bom acontece com você ou quando você é jogada no chão e pisada. Ás vezes reagimos, outras não. Quando seu mantra é um dia de cada vez, não dá pra cair numa poça de lágrima sempre que dá vontade e Willowdean Dickson para uns, Will para outros e Dumplin´(ou bolinho, se você for traduzir) pela mãe, sabe disso.
© Coleções Literárias ♥ - Todos os direitos reservados - 2016 ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo