12/06/2017

[ RESENHA ] O Livro de Sangue e Sombra

Título: O Livro de Sangue e Sombra
Autora: Robin Wasserman
Editora: Fantástica Rocco
Páginas: 384
Estrelas: 5/5
Livro: Cortesia da Editora
Quando tudo parecia caminhar bem, um atraso para um encontro muda a vida de Nora Kane para sempre. Seu melhor amigo, Chris, está morto; a namorada dele, Adriane, em estado catatônico; e Max, o príncipe encantado de Nora, desaparecido. Mas o que parecia um pesadelo ruim o suficiente, fica ainda pior quando Max se torna o principal suspeito do crime. Desesperada para provar a inocência do namorado, a jovem, que trabalha num projeto de pesquisa traduzindo antigos manuscritos do latim, segue a trilha de sangue sem se importar com o destino final. E ele vai levá-la dos Estados Unidos à histórica Praga, e ao centro de um enigma que inclui uma teia obscura de sociedades secretas movidas pela ambição de encontrar a Lumen Dei, uma misteriosa máquina que contém a receita para o conhecimento supremo e para a comunhão com o divino, e que estaria enterrada num manuscrito de centenas de anos.
 


O assassinato do melhor amigo, mistérios e enigmas, duas sociedades antigas e com objetivos diferentes, uma que busca o Lumen Dei, uma máquina que dá ao ser humano a possibilidade de entender a língua dos anjos e conversar com Deus.
E a outra quer impedir que este valioso objeto seja encontrado, a caça à este tesouro está prestes a começar. Contudo, o que poucos sabem é que este pode transmitir o caos e a tragédia não apenas aos envolvidos, mas também à toda humanidade.

Tudo isso começa a fazer parte da vida de Nora Kane. Mas por que isso está acontecendo com ela?  Para que possamos entender tudo, a nossa personagem principal decide contar tudo antes da morte de Chris Moore, seu melhor amigo e vítima neste jogo pelo poder do conhecimento divino.

“Mas começar com aquela noite, com o sangue, significa que Chris jamais passará deum cadáver, sangrando sobre o mármore travertino de sua mãe; Adriane não será nada além de uma maluca inexpressiva, tremendo e lamentando, suas roupas encharcadas com o sangue dele, seu rosto pálido com aquele corte vermelho de uma lâmina em sua bochecha. Se eu começasse aí, Max não passaria de uma lacuna. Espaço vazio; vácuo e vento.Talvez essa parte fosse apropriada. Mas não o resto. Porque esse não foi o começo, e muito menos foi o fim. Foi — veja aqui o raciocínio conclusivo e brilhante em ação — o meio. O centro de gravidade ao redor do qual todos nós espiralamos, mas nenhum de nós podia ver. O centro não pode se manter, Max gostava de dizer, naquela época em que as coisas eram novidade, e citar poesia parecia uma maneira irônica e adequada de declarar seu amor. As coisas desmoronam. Mas as coisas não desmoronam simplesmente. As pessoas as quebram.”


A vida de Nora sempre fora difícil e solitária após a morte de seu irmão, Andrew, num acidente de carro por dirigir bêbado. E ao se mudarem de Massachusetts para Chapman, seus pais tornaram-se muito distantes e ausentes para a sua única filha, era como se mesmo morto, eles o amassem mais.

11/06/2017

[ LANÇAMENTOS ] Editora Rocco - Junho

Olá pessoinhas queridas!

Hoje o post é especial, vamos conferir os lançamentos de junho da editora Rocco. Desde já alerto vocês prepararem o coração, pois os lançamentos desse mês estão maravilhosos, fortes emoções. Vamos lá?

JANE AUSTEN ROUBOU MEU NAMORADO - Cora Harrison
Baseado nos diários da escritora Jane Austen na adolescência, este divertido romance juvenil é uma história de aventura, mistério, fofocas e, claro, flertes e paixões. Uma das autoras mais queridas em todo o mundo, cujo bicentenário de morte ocorre este ano, Jane Austen (1775-1817) segue arrebanhando uma legião de fãs em pleno século XXI com romances nos quais retrata a sociedade inglesa de sua época com precisão e ironia. Em Jane Austen roubou meu namorado, a escritora irlandesa Cora Harrison recria, para os jovens de hoje, a atmosfera dos livros da própria Jane Austen mesclando ficção e dados reais, a partir dos diários da autora de Orgulho e Preconceito. O livro retrata as peripécias amorosas da futura escritora, que já se considerava uma especialista em assuntos do coração, e de sua prima Jenny. 


MEUS 15 ANOS - Luiza Trigo
Em Meus 15 anos, Bia sonha com uma festa de cinema para celebrar seu aniversário. Agora, o seu sonho está prestes a se tornar realidade, literalmente! Segundo livro da carioca Luiza Trigo, Meus 15 anos deu origem ao filme homônimo que estreia nos cinemas de todo o país no dia 22 de junho, com a estrela teen – e autora bestseller – Larissa Manoela no papel principal. Publicado pela Rocco em 2014, o romance ganha uma sobrecapa com o cartaz do filme, que promete arrastar uma multidão de fãs aos cinemas (e às livrarias)

© Coleções Literárias ♥ - Todos os direitos reservados - 2016 ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo