29/06/2016

[RESENHA] A Garota Italiana

Título: A Garota Italiana
Autora: Lucinda Riley
Páginas: 462
Editora: Arqueiro
Estrelas: 5/5
Livro: Cedido em parceria com Editora Arqueiro.

Aos onze anos de idade, Rosanna Menici conhece o cantor Roberto Rossini, uma estrela em ascensão no mundo da ópera italiana - e o homem que mudaria sua vida para sempre. Incentivada - e apaixonada - por ele, Rosanna passa a se dedicar ao estudo do canto lírico, torna-se cantora profissional, e logo os dois se encontram nas salas de concerto mais famosas do mundo, dividindo não só o palco como também o mesmo destino.
Com seu talento incomum para descrever ambientes e evocar sensações e sentimentos universais, Lucinda Riley nos leva a acompanhar a trajetória de Rosanna, desde os bairros pobres de Nápoles até os teatros mais glamourosos do planeta, trazendo à tona, com sua prosa inconfundível, as alegrias, tristezas, frustrações, decepções e redenções do amor.

O meu caso de amor com essa autora é de longa data e novamente ela me fez viajar deliciosamente nesse novo romance lançado aqui no Brasil pela Editora Arqueiro (que por sinal tem sido super eficiente nos lançamentos da Lucinda Riley desde quando obteve os direitos autorais). Eu como fã tenho aproveitado demais, porque todo semestre temos a oportunidade de aprender e se desconectar um pouco mais do mundo nas obras de Lucinda.

Ela é uma das minhas autoras favoritas, super simpática nas redes sociais e que sempre nos ensina algo sobre o passado ou lições de vida em seus romances.

Me surpreendi positivamente com "A Garota Italiana" porque diferentemente da abordagem característica da autora em suas obras mais recentes, esse livro contará quase que em 99% a história do passado e 1% do presente. Geralmente, ela alterna passado e presente com duas histórias individuais correndo paralelamente, mas ambas ao final tem conexão. Em "A Garota Italiana" teremos a história narrada pelos olhos de Rosanna e em alguns pontos chaves do romance encontramos cartas escritas por ela destinadas ao filho, na verdade ela está contando a sua vida e, parte da dele, durante toda a narrativa.

28/06/2016

[ RESENHA ] O Preço do Sangue –Vol. 1

Título: O Preço do Sangue (Aliados e Assassinos)
Autor: Justin Somper
Editora: Galera Record
Páginas: 377
Estrelas: 5/5
Livro: Cortesia da Galera Record

O Sino do Príncipe soou, anunciando um novo dia. No entanto, o soberano de Archenfield não viveu para saudar o sol. E, agora, o Preço do Sangue deve ser pago, e seu assassino, encontrado e punido; pois o Sino do Carrasco agradece o machado que protege a justiça no Principado. Assim como o do Sucessor garante a ordem e o futuro do reino, através de seu herdeiro... Jared. Mas como um jovem de 16 anos pode descobrir sozinho uma conspiração que promete deixar o reino de joelhos? Ou ele não está sozinho?

Olá, caros leitores!

É muito bom falar sobre um livro que nos surpreende e este é um que me provocou isso. Nunca tinha lido nada do Justin Somper antes, mas confesso que foi uma ótima experiência, que pretendo repetir muitas vezes. O livro me surpreendeu em muitos aspectos, pois eu tinha certas expectativas para ele, que acabaram não sendo tão cumpridas, mas no fim isso acabou sendo algo muito bom.

Em muitos lugares, incluindo na capa do próprio livro, a obra é comparada a Game of Thrones. Admito que esta comparação me chamou a atenção, mas que não me convenceu realmente logo de cara, inclusive porque não gostei muito da capa. Ao pegar o livro nas mãos, imaginei que estivesse prestes a ler uma história sobre reinos e estratégias políticas, e isso de fato aconteceu, mas com uma complexidade muito menor do que a que ocorre nos livros de George R. R. Martin.

Entretanto, não vi este fato como uma característica negativa neste caso. É preciso avaliar que as histórias têm focos bem diferentes. Enquanto a disputa pelo trono é o que mantém os personagens mais envolvidos em Game of Thrones, em O Preço do Sangue o foco principal está em descobrirem quem foi o assassino do Príncipe governante de Archenfield.

27/06/2016

[ RESENHA ] Artífices da Vontade

Título: Artífices da Vontade
Autora: Igor Feijó
Páginas: 272
Editora: Drago Editorial
Estrelas: 4/5
Livro: Cedido em parceria pelo autor.

Uma temida data marca a chegada de uma força desconhecida que lança sua presença nefasta sobre o mundo. Essa força é chamada de Sombra. A magia está morrendo e o mundo está desacreditado. Seres de fantasia estão aos poucos sendo esquecidos pelo povo. Órgãos secretos são criados pelos governos para proteção... A única chance parece estar nas mãos dos libertos - pessoas capazes de moldar a realidade - em devolver o espírito à humanidade e no meio disso ainda encontrar forças para lutar contra escuridão impedindo que tudo se torne vazio. Mas e se encontrarmos escuridão dentro de nós? Quantos irão querer enxerga-la a ponto de combatê-la?

Hey leitores!
Tudo bem?
Hoje eu trouxe a resenha do livro Artífices da Vontade, do nosso autor parceiro Igor Feijó!

O livro nos leva a conhecer primeiramente Marco, um autor que está passando por um terrível bloqueio de criatividade, logo após ter sido contratado por uma mulher misteriosa para escrever um projeto.


Mas tudo muda certo dia, quando ele nota que escreveu, mesmo sem se lembrar, uma série de palavras numa língua diferente, semelhante a símbolos.
“Eram formulas matemáticas, símbolos antigos e aquela língua que se mostrou enigmática no começo de tudo, mas que agora era tão transparente como água.”

Logo ele se vê perseguido por pessoas que nunca viu, lhe impulsionando a pedir ajuda ao seu amigo mais antigo, Rafael, um cara carismático que de acordo com Marco entende dessas “coisas malucas”. Este por sua vez acaba lhe contando verdades imagináveis juntamente com Janine, sua mentora.

24/06/2016

[ RESENHA ] Anna Vestida de Sangue

Título: Anna Vestida de Sangue
Autora: Kendare Blake
Páginas: 244
Editora: Verus
Estrelas: 5/5
Livro: Cedido em parceria com a Galera Record

Cas Lowood herdou uma vocação incomum: ele caça e mata os mortos. Seu pai fazia o mesmo antes dele, até ser barbaramente assassinado por um dos fantasmas que perseguia. Agora, armado com o misterioso punhal de seu pai, Cas viaja pelo país com sua mãe bruxa e seu gato farejador de espíritos. Juntos eles vão atrás de lendas e folclores locais, tentando rastrear os sanguinários fantasmas e afastar distrações, como amigos e o futuro. Quando eles chegam a uma nova cidade em busca do fantasma que os habitantes locais chamam de Anna Vestida de Sangue, Cas espera o de sempre: perseguir, caçar, matar. Mas o que ele encontra é uma garota envolta em maldições e fúria, um espírito fascinante, como ele nunca viu. Ela ainda usa o vestido com que estava no dia em que foi brutalmente assassinada, em 1958: branco, manchado de vermelho e pingando sangue. Desde então, Anna matou todas as pessoas que ousaram entrar na casa vitoriana que ela habita. Mas, por alguma razão, ela poupou a vida de Cas. Agora ele precisa desvendar diversos mistérios, entre eles: Por que Anna é tão diferente de todos os outros fantasmas que Cas já perseguiu? E o que o faz arriscar a própria vida para tentar falar com ela novamente?





Olá Pessoal,

A resenha de hoje se trata de um livro que me deixou muito instigada não só pela capa, mas também por essa sinopse que promete muitas aventuras e um certo clima de terror. O livro nos conta a história de Theseus Casios Lowood, que prefere ser chamado de Cas. Esse jovem vive uma vida de caça fantasmas desde a morte do seu pai, que consequentemente foi causada por um outro fantasma que o Cas nunca conseguiu encontrar. Sendo assim, ele vai viajando de lugar em lugar na companhia da sua mãe, que é uma bruxa de magia branca (ou mais para wicca) e durante essas viagens ele vai derrotando os espíritos malignos que assombram os lugares.



A história se inicia quando o Cas está no meio de uma caçada, mas acaba recebendo um carta escrita com sangue, que diz uma única frase: Anna Vestida de Sangue, ao receber a correspondência ele logo percebe que se trata de uma das cartas do Margarida, um amigo de longa data, que sempre envia a ele notícias e casos de cidades que são assombradas por fantasmas com instintos assassinos. A princípio o Cas reluta em embarcar nessa caçada pela Anna, mas algo o atrai, talvez pelo estranho apelido dado a ela, ou quem sabe pelo fato de que ao conversar com Margarida, ele descobre que Anna já matou mais de 27 adolescentes nos últimos 50 anos.

Sem muitas alternativas, o Cas viaja para Thunder Bay, cidade onde reside o fantasma da Anna e ao chegar lá, ele logo sente uma energia estranha na cidade e presente que talvez seja a coisa certa ter ido até lá. Como o Cas ainda é um adolescente, ele não tem muitas alternativas a não ser frequentar o colégio local, mas isso para ele não é algo tão ruim pois o intuito dele é se aproximar das pessoas e descobrir mais sobre a história da Anna.

"Thunder Bay, Ontário, é o nosso destino. Estou indo lá para matá-la. Anna. Anna Korlov. Anna Vestida de Sangue".

23/06/2016

[ LANÇAMENTOS ] Editoras Gente e Única - Junho

Olá pessoas!
Vamos conferir os lançamentos das editoras parceiras Gente e Única???



Motivos Para Sorrir - Manoela Antelo e Luan Novitt

Se você já é fã do canal Manoela Antelo ou do Luan Novitt este livro é para você. Se não for, acredite: este livro também é para você! Acostumados a dividir a vida com seus seguidores, Manu e Biri conquistaram o Brasil fazendo milhares de pessoas sorrirem todos os dias com vídeos leves, engraçados e sinceros. Este livro é para todos que acreditam na força da amizade, na união, no sentimento único de ter alguém com quem contar em todos os momentos. Aqui você vai encontrar as melhores histórias de Manu e Biri e se surpreender muito.
Páginas: 128

22/06/2016

[ RESENHA ] Não Fale Com Estranhos

Título: Não Fale Com Estranhos
Autor: Harlan Coben
Páginas: 304
Editora: Arqueiro
Estrelas: 4/5
Livro: Cedido pela Editora Arqueiro

O estranho aparece do nada e, com poucas palavras, destrói o mundo de Adam Price. Sua identidade é desconhecida. Suas motivações são obscuras. Mas suas revelações são dolorosamente incontestáveis. Adam levava uma vida dos sonhos ao lado da esposa, Corinne, e dos dois filhos. Quando o estranho o aborda para contar um segredo estarrecedor sobre sua esposa, ele percebe a fragilidade do sonho que construiu: teria sido tudo uma grande mentira? Assombrado pela dúvida, Adam decide confrontar Corinne, e a imagem de perfeição que criou em torno dela começa a ruir. Ao investigar a história por conta própria, acaba se envolvendo num universo sombrio repleto de mentiras, chantagens e assassinatos.






Olá Pessoal,

A resenha de hoje está carregada de suspense, afinal se tratando de um livro do Harlan Coben já podemos esperar muita investigação e um desfecho alucinante, sendo assim hoje venho contar um pouco sobre o mais recente lançamento do autor aqui no Brasil: Não Fale Com Estranhos, publicado pela Editora Arqueiro. 

O livro nos apresenta Adam Price um advogado do ramo imobiliário que possui uma família perfeita para os padrões sociais: dois filhos (Ryan e Thomas) e sua esposa Corinne. Ambos vivem modestamente bem em uma casa vitoriana, localizada em um bairro da classe média. Os filhos de Adam estão disputando vagas no time de Lacrosse, pois esta é uma grande oportunidade para garantir uma aprovação em uma boa universidade.  

Embora os homens normalmente sejam mais ligados a esportes, é Corinne que é chefe do clube do time, além de participar ativamente da vida escolar dos garotos. E sendo assim, ela acaba pedindo ao Adam para comparecer em uma reunião do clube, pois vai precisar viajar para um congresso escolar.  


Adam acaba aceitando e assim enquanto está no bar do lugar onde está sendo a reunião, é que ele se surpreende com uma notícia que muda sua vida. Um estranho se aproxima e declara que Corinne mentiu para Adam ao fingir um aborto dois anos atrás e que tudo poderia ser confirmado com um débito na fatura do cartão dele. E com isso vai embora sem dar mais nenhuma informação. 


"Nós seres humanos nunca vemos as coisas com imparcialidade. Sempre procuramos proteger os nossos próprios interesses".

[ RESENHA ] Talvez Um Dia

Título: Talvez Um Dia
Autora: Colleen Hoover
Páginas: 368
Editora: Galera Record
Estrelas: 5/5
Livro: Cedido em parceira com a Galera

Sydney acabou de completar 22 anos e já fez algo inédito em sua vida: socou a cara da ex- melhor amiga. Até hoje, ela não podia reclamar da vida. Um namorado atencioso, uma melhor amiga com quem dividia o apartamento... Tudo bem, até Sydney descobrir que as duas pessoas em quem mais confiava se pegavam quando ela não estava por perto. Até que foi um soco merecido. Sydney encontra abrigo na casa de Ridge. Um músico cujo talento ela vinha admirando há um tempo. Juntos, os dois descobrem um entrosamento fora do comum para compor e uma atração que só cresce com o tempo. O problema é que Ridge tem uma namorada, e a última coisa que Sydney precisa agora é se transformar numa traidora.


Olá Pessoal,

A resenha de hoje se trata de mais uma obra de sucesso da querida autora Colleen Hoover, que com diversas obras publicadas em nosso país, conquistou muitos leitores e agora vem nos surpreender mais uma vez com um livro que é no mínimo incrivelmente emocionante. 

Em Talvez Um Dia, conhecemos Sydney, uma jovem que resolveu ser independente ao contrariar os pais e resolver estudar Música. Sendo assim, ela trabalha na biblioteca do campus universitário e divide o apartamento com a sua melhor amiga Tori. Vivendo da melhor forma que pode e fazendo a coisa mais ama, Sydney também tem um namorado, Hunter, que foi apresentado a ela pela sua amiga Tori e ambos se dão super bem, pelo menos era o que ela achava.

Sydney tem o habito de observar seu vizinho pela varanda da sua casa, acontece que todo fim de tarde o rapaz senta lá e começa a tocar músicas maravilhosas e Sydney não resiste e todo dia pontualmente se prepara para ouvir. Um dia ela percebe que o rapaz tenta fazer contato com ela e trocando os telefones ela descobre que ele se chama Ridge e o mesmo pede a ela que escreva a letra de uma das músicas que ele está tocando, já que o mesmo tem um bloqueio e não consegue escrever a um tempo.


"É fácil lutar contra o desejo. Principalmente quando a única arma que o desejo tem é a atração".

Sydney a princípio reluta mais acaba passando a música para ele e bom, o Ridge simplesmente adora a letra e faz a proposta a Sydney de comporem juntos e ela diz que vai pensar. Durante esse tempo, Ridge percebe que o namorado de Sydney vive dando amassos na amiga dela e ele não sabe se deve ou não contar, afinal acabou de conhecer a jovem.


Um certo dia no entanto, é o aniversário de Sydney e ao descobrir meio que sem querer que o namorado e a amiga almoçaram juntos naquela semana, ela presume que ambos estão planejando uma festa surpresa. E bom a surpresa realmente acontece, pois Sydney encontra os dois juntos no apartamento. Se sentindo traída pelas pessoas que ela mais confiava, a jovem sai do apartamento da um soco na Tori (adorei essa parte haha) e está pronta para pegar um Taxi, quando percebe que deixou a bolsa lá dentro.


"Não é fácil vencer uma guerra travada contra seu coração"

21/06/2016

[ SORTEIO ] Dama da meia-Noite ed. Colecionador

Olá pessoas lindas. 
Minha colaboradora Vivianne Sophie está inaugurando seu blog e para comemorar resolvemos sortear um livro lindo para vocês. Bora participar desse mega sorteio????

REGRA:
Para participar é mega fácil, só tem três entradas obrigatórias, que são as primeiras e o restante é extra (o que significa que você vai ter mais chances de ganhar!)




a Rafflecopter giveaway

ATENÇÃO

[ RESENHA ] Confissões de uma garota excluída, mal- amada e (um pouco) dramática

Título: Confissões de uma garota excluída, mal- amada e (um pouco) dramática.

Autora: Thalita Rebouças
Editora: Arqueiro
Páginas: 272
Estrelas: 5/5

Livro: Cedido pela Editora Arqueiro
Tetê acaba de se mudar com a família toda para Copacabana, no Rio de Janeiro, para a casa dos avós. O lindo e espaçoso apartamento da Barra da Tijuca em que morava teve que ser vendido, pois com a crise o pai foi demitido, e o resultado é que a vida dela virou de cabeça para baixo. Além de perder a privacidade, tendo que dividir o espaço com cinco parentes malucos que brigam o tempo todo, ela perdeu todas as suas referências. A única coisa que a deixa feliz é cozinhar. E, claro, comer as delícias que faz.O lado bom foi se livrar do antigo colégio, no qual sofria bullying por causa de seu jeito peculiar. Sem contar sua desilusão amorosa... O problema é que ela está apavorada, porque agora tudo será novo e estranho, com o ensino médio, com a nova escola, e sem conhecer ninguém. E morre de medo de ser excluída ou de sofrer bullying novamente. Ela está bem mal, para dizer a verdade. Ou talvez seja um pouco de drama, porque já no primeiro dia as coisas parecem ser um pouco diferentes... Pelo jeito, tudo vai mudar, e para melhor.


Ingredientes como adolescência, amizade, família, romance e confusão são como bolo de prestígio e milk shake para mim. Não posso ver, fico louca. Sorte a minha que meu marido acha fofo, me incentiva, escuta meus comentários e não faz (muita) piada. Isso é importante, viu gente?

" - Tetê, repara: você não ri, está sempre de cara amarrada, de mal com a vida, não conversa, não tem amigos, não namora, vive pelos cantos, só quer saber de ouvir músicas tristes, de ver filmes tristes e de ler livros tristes - enumerou minha mãe. Pausou para respirar e continuou: - E não faz esportes, não sai, não dança, não pega sol, não come jujuba, não gosta de Nutella, não faz unha, não depila o buço. Só fica feliz na cozinha. Onde já se viu? Você acha isso normal".


As pessoas tem uma mania de dar idade aos livros juvenis, assim não dá, não concordo porque já estou com 25 e detesto bullying literário, leio quase de tudo. Se seguisse a linha "leio o que esperam que eu leia" como ia indicar essa delícia de historia que a Thalita escreveu? Como vocês iam relembrar a Tetê? Sim, porque a Teanira somos todos nós: cheia de dúvidas, insegurança, hormônios e fome.

" -Lembre-se: os nerds de hoje serão os milionários de amanhã, os horrendos serão os lindos, as lindas serão as mocreias e os lindos serão carecas e barrigudos - alertou meu pai - Tai um ensinamento para a vida toda."

15/06/2016

[ RESENHA ] Um Amor, Um Café & Nova York

Título: Um Amor, Um Café & Nova York
Autor: Augusto Alvarenga

Páginas: 168
Editora: D'Plácido
Livro: Cortesia da D'Plácido Editora
Estrelas: 2/5
Camila sempre teve um grande sonho: viver um grande amor, como um desses de cinema. Ela só não imaginava que teria isso e muito mais, logo que conheceu Guilherme. Na véspera do aniversário de 3 anos de namoro do casal, e do aniversário de 19 anos de Camila, Guilherme surge com uma surpresa que mudaria pra sempre o romance e a vida do casal: uma viagem de um mês para Nova York. O que ele não sabia é que esse era mais um dos grandes sonhos de Camila, que vai fazer de tudo para que essa seja a melhor viagem deles. Porém, Nova York possui brilhos demais. Poderia algum deles ofuscar o do casal?



Um romance irritantemente fofo e doce! ♥


Sempre tive curiosidade em ler esse livro, a capa chamava muito minha atenção além do titulo. Gosto muito de livros que carregam no titulo o nome de algum país, e principalmente aqueles que tem como tema principal viagens a lugares que muitos sonham conhecer, então esse livro parecia perfeito para mim, mas eu preciso confessar que esperava muito mais de toda a premissa. 


Camila namora Guilherme há três anos e como presente de aniversário de namoro e também de aniversário da namorada, o rapaz resolve fazer uma mega surpresa para Camila... Uma viagem de um mês para os dois em Nova York. 

Ela sempre sonhou conhecer NY, então esse era o presente perfeito. Tudo ocorre como o planejado, o casal se despede dos amigos e família e partem para Nova York, chegando na cidade americana exatamente no dia de aniversário de namoro dos dois. 

"Tudo bem, agora é oficial: O Guilherme é a coisa mais próxima da perfeição que eu conhecia. Eu nunca seria capaz de retribuir tudo o que ele fazia por mim, mas ele parecia saber disso e não se importava. E eu simplesmente não tinha como negar. Era Nova York. E ele. O que poderia ser melhor?"

Eles se divertem como qualquer turista, mas quando o dia de voltar para o Brasil vai chegando, Camila resolve fazer uma surpresa para o namorado, cantar em um restaurante, e no final da noite Camila recebe uma proposta que pode mudar completamente sua vida e comprometer seu namoro com Guilherme, será que ela aceitar?. 



Não posso falar o que acontece depois, pois não teria graça alguma ler o livro depois, já que esse é o clímax da estória, algo que demorou muito para acontecer. Na minha opinião o autor se aprofundou muito em detalhes desnecessários como descrever muitas coisas sem importância que o casal fez em Nova York, isso cansou um pouco. 

"Nova York só ficava melhor. Eu estava em uma montanha russa de emoções e a única coisa que eu não queria fazer era descer dali. Nunca."

Os personagens principais são bem fictícios mesmo e imaturos (minha opinião), Guilherme perfeito ao extremo. Camila me deixou irritada diversas vezes tanto que senti vontade de dar uns tapas nela em alguns momentos, principalmente pelo fato dela colocar Guilherme em um altar supremo e o idolatrá-lo tanto, fazendo papel de boba, infantil, insegura, ingênua e etc. 



A escrita do autor é bem simples, mas o que gostei foi o fato dele ter investido em muitos diálogos no livro, isso fez com que a leitura fluísse muito bem. O livro é narrado em primeira pessoa por Camila e dividido em 3 partes, algo que particularmente eu curto. 

A diagramação me agradou muito e preciso elogiar a editora pelo ótimo trabalho. Embora eu não curta livros com páginas brancas não tive nenhuma dificuldade em ler este, pois a fonte está em um ótimo tamanho, com espaçamentos perfeitos e não encontrei erro na minha edição. Capítulos curtos e com diferentes desenhos fofos. E nem preciso dizer que a capa é linda né¿ Outra coisa que gosto no livro são as citações de trechos de músicas no inicio de cada capítulos e algumas referencias de filmes e músicas durante a estória. 

Um livro para ser lido em uma tarde, para passar o tempo. Estou lendo o segundo volume e espero que a estória melhore e os personagens amadureçam. 

Para quem curte um romance leve, doce, muuuuito doce, com referencia de música e curte livros que descrevem viagens a um outro país, recomendo o livro.

13/06/2016

[ RESENHA] Marianas: A Civilização dos Sonhos

Título do Livro: Marianas: A Civilização dos Sonhos
Autor: E. Chérri Filho
Páginas: 192
Editora: Giostri
Estrelas:   3/5
Livro: Cedido pelo Autor

O extraordinário amor entre um homem e uma sereia nasce e enfrenta grandes dificuldades em meio à disputa de poder no fundo dos mares, numa civilização amiga cuja existência é negada ou escondida pelos livros de História. Jeremy e Licia operam um no outro grandes transformações de pensamentos e sentimentos, em razão do que vivem, inusitado, intenso e sincero. Embarque com eles nesta viagem da qual certamente você não voltará o mesmo.





Hey leitores!

Tudo bem com vocês? Para hoje trago uma fantasia nacional mesclada com romance e muitas reviravoltas surpreendentes!

Marianas: a civilização dos sonhos nos leva a conhecer primeiramente Jeremy, um notório cientista e sonhador, que sempre acreditou na possibilidade de ter mais no fundo dos oceanos do que acreditamos saber, como as utópicas sereias.


“Mas sua meta estava traçada e nada poderia impedir o “caçador de raridades marinhas” de encontrar-se, no seu destino, como a “civilização dos sonhos”.


A trama se inicia quando Jeremy parte rumo as Ilhas Marianas, onde já haviam sido encontradas várias carcaças de seres meio peixes, meio humanos. Suas pesquisas patrocinadas por Renato Franchi, seu amigo mais próximo, que acredita nas mesmas coisas que Jeremy crê.

Certa noite, Jeremy mergulha bem mais do que deveria, acabando por ficar inconsciente e sendo salvo pela bela ariata azul, Licia, por quem acaba se apaixonando.

“-[...]. Você era um estranho completo, mas naquele momento eu daria minha vida pela sua, se fosse preciso. E eu entendo quando diz que finalmente encontrou o que sempre buscou porque meu coração diz o mesmo. ” –Licia.
Ele acorda numa espécie de redoma de oxigênio e mal de acreditar que está no lugar que sempre acreditou existir, a civilização dos sonhos. Lá Jeremy se vê um tanto confuso, mas também encantado com esse novo mundo aquático e seus habitantes com seu estilo de vida puro. Fica bastante abalado quando percebe que nem tudo é só beleza e alegria, existe também o mal nos oceanos.


“A cidade dos sonhos seria um exemplo de cidadania e humanidade, como um Éden. ”

No começo, Jeremy passa por todo um processo de aceitação, pois o fato de Licia ter trago um humano para a civilização é uma infração punida com morte, mas ela é absorvida por diversas razões, uma delas é o fato dela ser uma líder ariata muito respeitada e irmã do tritão Gléssios, um grande líder.


“-[...]. Portanto, com todo respeito que tenho por esta corte, se eu tiver de ser perdoada, peço que perdoem por colocar o amor acima da lei. ” –Licia.

Os ariatas azuis são extremamente amorosos e protetores com qualquer ser, mas existe os ariatas vermelhos, que são cruéis, e autodenominados “vermes”. Liderados pelo vingativo Zorguin, um ariata que sempre nutriu uma paixão insana por Licia e uma ambição frenética pela dominação tanto os oceanos como da terra firme. Ele recebe ajuda do filho do deus do mar (Netuno), Nabor, que se perdeu dos ensinamentos do pai.


“Todos os lideres mortos. Uma cidade totalmente devastada pelo ódio. A inveja de um líder perdido em seus devaneios. Conquistou a morte e a destruição. ”




O livro é narrado na terceira pessoa, nos dando uma visão completa do ponto de vista de alguns personagens, e a escrita é fácil e boa de ser apreciada. Algo que me incomodou durante a leitura foi a ausência da numeração das páginas, me deixando sem uma noção de orientação. Demorei um pouco para ler, apesar de ser um livro curto, pois não me senti muito envolvida com a trama. No primeiro momento, achei o romance entre Licia e Jeremy um pouco meloso e repetindo demais. Porém, os personagens logo são arrastados para situações perturbadoras, prendendo assim minha atenção.


“A vida nos conserva o bem e nos brinda com mal. Basta recebermos ambos da mesma forma com que as coisas da vida passam. O tempo tende a curar o bem e registrar o mal. S ferida aberta vai cicatrizar na esperança. ”


A capa é incrível. Tem um ar de mistério que atrai curiosos, como eu. 



“O tempo parecia andar para trás. Um segundo à espera de Licia era uma eternidade."


Eu já li outros livros cujo o tema central eram as sereias, porém o escritor Chérri Filho abordou o assunto de um modo diferente, puxando mais para o amor e a guerra, o que eu gostei. Recomendo essa leitura para os apreciadores de mistério e seres mitológicos, como as sereias.


“-Minha alma segue engarrafada em você e para você, as ondas do oceano e o tempo irão te encontrar para mim”. –Jeremy.

09/06/2016

[ LANÇAMENTOS ] Arqueiro e Sextante - Junho

Olá Leitores,

Hoje trago a vocês os lançamentos da Editora Arqueiro e da Editora Sextante do mês de junho,  nem preciso falar o quanto estão impactantes né?  Confiram!




A Caminho do Altar - Julia Quinn

Ao contrário da maioria de seus amigos, Gregory Bridgerton sempre acreditou no amor. Não podia ser diferente: seus pais se adoravam e seus sete irmãos se casaram apaixonados. Por isso, o jovem tem certeza de que também encontrará a mulher que foi feita para ele e que a reconhecerá assim que a vir. E é exatamente isso que acontece. O problema é que Hermione Watson está encantada por outro homem e não lhe dá a menor atenção. Para sorte de Gregory, porém, Lucinda Abernathy considera o pretendente da melhor amiga um péssimo partido e se oferece para ajudar o romântico Bridgerton a conquistá-la. Mas tudo começa a mudar quando quem se apaixona por ele é Lucy, que já foi prometida pelo tio a um homem que mal conhece. Agora, será que Gregory perceberá a tempo que ela, com seu humor inteligente e seu sorriso luminoso, é a mulher ideal para ele? 


A Garota Italiana - Lucinda Riley

Aos onze anos de idade, Rosanna Menici conhece o cantor Roberto Rossini, uma estrela em ascensão no mundo da ópera italiana - e o homem que mudaria sua vida para sempre. Incentivada - e apaixonada - por ele, Rosanna passa a se dedicar ao estudo do canto lírico, torna-se cantora profissional, e logo os dois se encontram nas salas de concerto mais famosas do mundo, dividindo não só o palco como também o mesmo destino. Com seu talento incomum para descrever ambientes e evocar sensações e sentimentos universais, Lucinda Riley nos leva a acompanhar a trajetória de Rosanna, desde os bairros pobres de Nápoles até os teatros mais glamourosos do planeta, trazendo à tona, com sua prosa inconfundível, as alegrias, tristezas, frustrações, decepções e redenções do amor.



Meio Rei -  Joe Abercrombie

Filho caçula do rei Uthrik, Yarvi nasceu com a mão deformada e sempre foi considerado fraco pela família. Num mundo em que as leis são ditadas por pessoas de braço forte e coração frio, ser incapaz de brandir uma espada ou portar um escudo é o pior defeito de um homem. Mas o que falta a Yarvi em força física lhe sobra em inteligência. Por isso ele estuda para ser ministro e, pelo resto da vida, curar e aconselhar. Ou pelo menos era o que ele pensava. Certa noite, o jovem recebe a notícia de que o pai e o irmão mais velho foram assassinados e não lhe resta escolha a não ser assumir o trono. De uma hora para outra, ele precisa endurecer para vingar as duas mortes. E logo sua jornada o lança numa saga de crueldade e amargura, traição e cinismo, em que as decisões de Yarvi determinarão o destino do reino e de todo o povo. 


Eu Sem Você - Kelly Rimmer

Há um ano, conheci o amor da minha vida. Para duas pessoas que não acreditavam em amor à primeira vista, até que Lilah e eu chegamos bem perto de dizer que isso aconteceu conosco. Eu tinha um bom emprego em uma agência de publicidade e não fazia outra coisa além de trabalhar. Era incapaz de tomar decisões sobre meu futuro e minha casa inacabada e não sabia aproveitar a vida. Até conhecer Lilah. Lilah MacDonald era uma advogada ambientalista linda e decidida – e, para minha surpresa, detestava usar sapatos. Era uma pessoa tão maravilhosa que é até difícil descrevê-la. Nosso relacionamento não poderia ser mais improvável, mas me transformou profundamente. Comecei a enxergar as coisas de outra forma e a redescobrir antigas paixões. Lilah me ensinou a viver outra vez e a aproveitar ao máximo tudo o que a vida tem a oferecer. Ela me proporcionou momentos incríveis, mas também manteve em segredo algo que partiu meu coração. Ainda assim, se há uma coisa que aprendi com Lilah é que o amor pode curar qualquer ferida. Meu nome é Callum Roberts e esta é a nossa história.

Noite Sobre as Águas  - Ken Follett

Setembro, 1939. Poucos dias após o Reino Unido declarar guerra à Alemanha, um enorme hidroavião está prestes a partir da costa sul da Inglaterra. A aeronave mais luxuosa do mundo tem como destino Nova York, no que deve ser o último voo civil a sair da Europa antes do conflito. A bordo dela encontram-se tanto a nata da sociedade quanto a escória da humanidade. Contudo, não é apenas a guerra que motiva os passageiros a deixar o continente: eles também querem se distanciar do próprio passado. Confinados por trinta horas em meio a todo o conforto, porém numa época em que voar ainda é um empreendimento arriscado, eles veem a travessia do Atlântico se tornar uma viagem de crescente angústia, com perigos inesperados que os conduzem a uma tempestade de violência, intriga e traição. 



Três Coisas Sobre Você - Julie Buxbaum

Setecentos e trinta e três dias depois da morte da minha mãe, 45 dias após o meu pai fugir para se encontrar com uma estranha que ele conheceu pela internet, 30 dias depois de a gente se mudar para a Califórnia e apenas sete dias após começar o primeiro ano do ensino médio numa escola nova onde conheço aproximadamente ninguém, chega um e-mail. Deveria ser no mínimo esquisito, uma mensagem anônima aparecer do nada na minha caixa de entrada, assinada com o bizarro nome Alguém Ninguém. Só que nos últimos tempos a minha vida tem estado tão irreconhecível que nada mais parece chocante...**** tenho observado você no colégio. não de modo doentio, mas agora me pergunto: será que o simples fato de eu ter usado a palavra “doentio”, por definição, me torna doentio? de qualquer forma, acontece que... você me intriga. já deve ter notado que a nossa escola é um mundo vasto de Barbies e Kens, quase todos louros e de olhos vazios, e alguma coisa em você – no seu jeito de andar, falar e na verdade não falar, apenas observar a todos nós como se fizéssemos parte de um documentário bizarro do National Geographic – me faz pensar que você pode ser diferente de todos os idiotas da escola. eu fico com vontade de saber o que se passa nessa sua cabeça. vou ser sincero: não costumo me interessar pelo que há na cabeça dos outros. a minha já dá trabalho suficiente. o objetivo deste e-mail é oferecer meus conhecimentos. desculpe ser o portador de más notícias: não é fácil se orientar nos territórios ermos do colégio Wood Valley. o lugar pode parecer caloroso e receptivo, com a ioga, a meditação, os cantinhos de leitura e o carrinho de café (desculpe: o Karrinho de Kafé), mas, como todos os outros colégios do ensino médio (ou de um jeito até pior), é uma droga de uma zona de guerra.por isso me ofereço como o seu guia espiritual virtual. sinta-se livre para fazer qualquer pergunta (a não ser, claro, sobre a minha identidade), e vou me esforçar ao máximo para responder a você: com quem fazer amizade (lista curta), de quem manter distância (lista maior), por que não se deve comer o hambúrguer vegetariano do refeitório (longa história, você nem vai querer saber), como tirar 10 na prova da Sra. Stewart e por que você nunca deve se sentar perto do Ken Abernathy (problema de flatulência). ah, e tenha cuidado na aula de educação física. o Sr. Shackleman faz todas as garotas bonitas darem voltas extras pela quadra para poder olhar a bunda delas. parece informação suficiente por enquanto. e, só para constar, bem-vinda à selva. atenciosamente, Alguém Ninguém.

O Príncipe de Westeros e Outras Histórias - George R. R. Martin

Se você é fã de literatura fantástica, irá se deliciar com esta antologia de contos organizada por George R. R. Martin e Gardner Dozois. Obras inéditas dos melhores autores do gênero irão surpreendê-lo com enredos ardilosos e reviravoltas intrigantes. O próprio George R. R. Martin apresenta uma nova história do apaixonante e violento mundo de A Guerra dos Tronos, introduzindo um dos personagens mais canalhas de Westeros. Acompanhe grandes autores, como Gillian Flynn, Neil Gaiman, Patrick Rothfuss, Scott Lynch e muitos outros, nesta coletânea emocionante sobre vigaristas, mercenários e ladrões.



Capitães do Brasil - Eduardo Bueno


Quem foram os primeiros colonizadores do Brasil? Por que foram designados para assumir as grandes propriedades de terras e que missão esses donatários iriam desempenhar na nova colônia? Os doze escolhidos, nomeados capitães do Brasil, eram conquistadores que lutaram na África ou na Índia, militares, funcionários graduados – todos ligados à Coroa portuguesa do século XVI. Esses homens deixaram tudo para trás a fim de se tornarem os representantes da metrópole no extenso e longínquo território além-mar. Suas histórias foram marcadas por incríveis aventuras – mas também por grandes tragédias. Alguns desses capitães venderam todos os seus bens para se mudar para as capitanias e acabaram perdendo tudo ao chegar aqui. Um morreu no mar. Outro foi acusado de heresia e preso por seus próprios colonos. Houve até um que foi devorado por um Tupinambá. Este livro narra a surpreendente saga dos capitães do Brasil no período de 1530 a 1550, revelando os jogos de poder, a ambição e o projeto da Coroa portuguesa para a colônia do outro lado do Atlântico, virtualmente abandonada desde a expedição de Cabral. 

Isso Me Traz Alegria - Marie Kondo


Cheio de dicas práticas e explicações detalhadas, o livro ensina como guardar cada tipo de roupa, documento e utensílio, como arrumar armários, armazenar alimentos, organizar maquiagens, CDs e fotografias, como envolver as crianças no processo e muito mais. Respondendo às principais dúvidas dos seus clientes e leitores, Marie aborda temas que ficaram de fora do livro anterior e reafirma a etapa mais importante do seu método: descobrir, entre tudo aquilo que está à sua volta, o que realmente lhe traz alegria – e descartar o restante. Quando nos cercamos apenas de coisas que amamos, a vida flui de forma muito mais leve. A bagunça não retorna e tudo se transforma. E é aí que a mágica acontece.






Blink - Malcolm Gladwell


Por que algumas pessoas são brilhantes ao tomar decisões e outras são incapazes de fazer a escolha certa? Por que algumas são bem-sucedidas ao seguir sua intuição enquanto outras se deixam levar por preconceitos e cometem grandes erros? Como nosso cérebro funciona no trabalho, na sala de aula, na cozinha e na cama? Baseado em fundamentos científicos, Blink é um livro sobre como podemos julgar, decidir e fazer escolhas sem refletir muito a respeito. Para explicar o conceito, Malcolm Gladwell apresenta histórias impressionantes, como o caso do especialista em arte que, num único relance, descobriu que uma escultura comprada por uma fortuna pelo Museu Getty era uma falsificação; o produtor que percebeu todo o potencial de Tom Hanks no instante em que o conheceu; o psicólogo que, só de observar um casal conversar por apenas alguns minutos, consegue rever quanto tempo vai durar aquele relacionamento; entre outras. Blink revela que, para tomar uma grande decisão, não é necessário processar mais informações ou deliberar por mais tempo, e sim desenvolver a arte de filtrar, a partir de inúmeras variáveis, as poucas informações que realmente importam.


Um Coração Sem Medo - Thupten Jipa


“O objetivo deste livro é simples e ambicioso ao mesmo tempo: redefinir a compaixão como algo que todos possam entender e transformá-la num desejo consciente, não apenas num ideal. Quero tirá-la de seu pedestal e torná-la uma força ativa no dia a dia. Ao apresentar um treinamento sistemático para a mente e o coração, este livro mapeia o caminho para tornarmos a compaixão nossa postura principal, a âncora de uma vida mais feliz, menos estressante e mais gratificante.” – Thupten Jinpa . A prática budista da atenção plena encontrou seu espaço no Ocidente quando as pessoas descobriram a importância dos benefícios deste método para o dia a dia. Agora, o ex-monge e intérprete oficial do Dalai Lama mostra que o cultivo da compaixão pode trazer resultados ainda mais surpreendentes à nossa vida. Unindo as mais recentes pesquisas científicas aos tradicionais conhecimentos da filosofia budista, Thupten Jinpa apresenta as técnicas contemplativas – como a meditação baseada na atenção plena – não como uma prática espiritual, mas como uma série de exercícios capazes de aumentar o bem-estar mental e emocional. Baseado no pioneiro curso “Treinamento de cultivo da compaixão” criado pelo autor na escola de medicina de Stanford, Um coração sem medo revela o poder transformador desse sentimento que muitas vezes é colocado em segundo plano na nossa busca por sucesso, felicidade e realização pessoal. Com orientações simples para implementar na vida diária e repleto de histórias inspiradoras, este livro nos estimula a treinar o músculo da compaixão para aliviar o estresse, combater a depressão, facilitar a conquista de nossos objetivos e melhorar nossa relação com nós mesmos, com os outros e com o mundo à nossa volta. “Um coração sem medo é um livro raro, que mostra como o encontro entre as práticas contemplativas e a ciência moderna podem oferecer benefícios para todos que estão interessados em uma profunda transformação pessoal e espiritual. O livro ensina como cada prática pode trazer impactos positivos para nossa vida diária. Agradeço ao meu tradutor e intérprete Thupten Jinpa por escrever este livro sobre a compaixão e seu cultivo.” – Sua Santidade, o Dalai Lama.
© Coleções Literárias ♥ - Todos os direitos reservados - 2016 ♥ Criado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo